Polêmica sobre o aumento da Confins.


20/11/1998

Em cima do fato: Aumento da Cofins pode incrementar sonegação

O governo conseguiu aprovar a MP que aumenta de 2% para 3% a Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) através de votação simbólica. A nova alíquota representará arrecadação adicional para o Tesouro de r$ 4,5 bilhões no próximo ano. Para o tributarista e conselheiro da OAB-SP, Raul Haidar, a elevação da alíquota deve aumentar a sonegação. “A Cofins incide sobre o faturamento da empresa e para sonegar este e outros impostos e contribuições a empresa terá de mexer no faturamento, senão sua contabilidade não fecha”, adverte Haidar. Segundo o tributarista, empresas de médio porte, estão usando também o expediente de se dividir em inúmeras outras pequenas empresas, terceirizando suas principais operações para reduzir a carga de impostos.