Sala dos advogados entra em reforma no Fórum de Marília.


02/08/1999

Sala dos advogados entra em reforma no Fórum de Marília.
A sala dos advogados do Forúm de Marília está em reformas por 10 dias. Em razão das obras para ampliação do prédio, a sala foi incluída no projeto, para que se mantenha o mesmo padrão adotado nas outras instalações. “Para nós ,advogados, está sendo muito bom, pois precisávamos de algumas modificações em nossa sala”, referendou o presidente da OAB - Subsecção de Marília, Júlio César Brandão, em agradecimento ao diretor do Fórum de Marília, Dr. José Roberto Nogueira Nascimento.

Os trabalhos começaram na última quarta-feira e até o final da reforma, os advogados deverão ter um pouco de paciência, pois já há muito barulho e poeira no local. “É preciso que o pessoal tenha compreensão, pois é temporário e estamos mudando para melhor”, frisou Júlio Brandão “O objetivo é melhorar as acomodações e, principalmente, tornar o espaço mas prático”.

Segundo a programação dos engenheiros responsáveis pela reforma da sala, até o dia 9 de agosto a obra estará concluída. Estão sendo trocados o piso das três partes da sala e todo o banheiro, além de ser dada uma nova pintura. “Os tacos foram retirados, bem como as peças que estavam no banheiro”, lembrou Júlio Brandão. “Será preciso um boa faxina, antes de entregarmos a sala para os advogados”, acrescentou, lembrando que a partir de terça-feira as máquinas copiadoras não estarão funcionando. “É porque será preciso trocar o piso onde elas estão e não tem como colocá-las em outro local temporariamente”, explicou.

Atualmente, a sala dos advogados do Fórum de Marília conta com máquinas de escrever, copiadoras e serviço de copa. “Com esta reforma, é bem provável que consigamos instalar um micro na sala para ser utilizado pelos advogados”, ressaltou Júlio Brandão, que vem pedindo o equipamento para a Seccional paulista. “Tínhamos um micro lá, mas infelizmente nem todos cuidavam bem dele”, ressaltou. “Desta vez haverá um responsável e todos terão que saber lidar com o computador.” disse Júlio, embora ainda não saiba precisar quando isto irá acontecer. “Dependemos de São Paulo”, frisou.

*Na sala dos advogados da Justiça Trabalhista, já existe um computador que é bastante utilizado pelos advogados.