OAB SP participa da XVII Conferência Nacional dos Advogados


10/09/1999

OAB SP participa da XVII Conferência Nacional dos Advogados
“A voz do advogado volta a ser ouvida em um momento em que os demais setores estão assustados ou simplesmente comprometidos, como é o caso do setor político”. Desta forma, o presidente da OAB SP, Rubens Approbato Machado analisou a importância da XVII Conferência Nacional dos Advogados, realizada no Rio de Janeiro de 29 de agosto a 2 de setembro. A OAB SP levou ao evento uma delegação de 180 advogados, liderada pelo presidente Rubens Approbato Machado.

O conselheiro Marcio Cammarosano integrou o Conselho Consultivo da Conferência e inúmeros conselheiros da Seccional paulista, atuaram como painelistas oficiais, como foi o caso de Luiz Flávio Borges D´Urso e Vitorino Francisco Antunes Neto. O evento contou, ainda, com a participação do secretário geral da Ordem, Carlos Miguel Aidar, do secretário geral adjunto, Orlando Maluf Haddad e do presidente da Caasp, José Luiz de Oliveira Lima.

Durante o evento, a conselheira, Lais Amaral Resende de Andrade, presidente da Comissão da Mulher Advogada, tomou posse como diretora para a região Sul do Colégio Brasileiro das Mulheres Advogadas e a procuradora pública, Mônica de Melo, membro da Comissão da Mulher Advogada, recebeu o prêmio de melhor monografia apresentada ao Concurso sobre Ética na Advocacia, promovido pelo Conselho Federal.

Na cerimônia de abertura, o presidente Rubens Approbato Machado foi o primeiro a cumprimentar o presidente do Conselho Federal, Reginaldo de Castro, pelo seu discurso, no qual criticou o uso abusivo de medidas provisórias por parte do Executivo, a imunidade parlamentar e o alijamento da sociedade, cada vez maior, das discussões sobre política econômica. Approbato enfatizou que o fato de o Executivo estar governando através de MPs coloca em risco o equilíbrio entre os Poderes.