Ato Público de repúdio à posição dos EUA - Documento


15/05/2001

Ato Público de repúdio à posição dos EUA - Documento
Reunidos em Ato Público promovido pela Ordem dos Advogados do Brasil, Secção de São Paulo, por iniciativa de sua Comissão de Meio Ambiente, na Capital de São Paulo, os signatários desta declaração vêm a público manifestar seu mais veemente repúdio à postura do Presidente dos Estados Unidos da América, George W. Bush, que declarou que não cumprirá o Protocolo de Kioto, principalmente no que se refere à repudução de emissão de gases poluentes.

Adotando essa postura, o líder maior de um Estado que se diz líder do mundo livre, presta um desserviço à humanidade, estimulando modelos de desenvolvimento que comprometem, a final, a própria vida, que só é viável mediante a preservação do meio ambiente mundial.

Tomando referida posição, o Presidente dos Estados Unidos revela visão imediatista e egoísta, incompatível com o que se espera de quem deve, isto sim, ter postura de estadista, e não de mero porta-voz daqueles que apenas idolatram as conquistas econômicas que lhes sejam convenientes.

É nosso dever denunciar essa distorção que não enobrece a grande nação do norte e não faz jus a seu laborioso povo, lutando para que os líderes de todo o mundo sejam líderes do bem, e não do mal, e para chefes de Estado como George W. Bush reconheçam seus próprios erros e se convertam para a causa ambiental, que não tem fronteiras.


São Paulo, 03 de maio de 2001.



Carlos Miguel C. Aidar Márcio Cammarosano
Presidente Presidente da Comissão de Meio Ambiente