Direitos Humanos adia despejo em Guarulhos


30/05/2001

Direitos Humanos adia despejo em Guarulhos

A OAB-SP, através da Comissão de Direitos Humanos, obteve hoje junto ao 1Tribunal de Alçada Criminal efeito suspensivo sobre liminar de integração de posse, que despejaria 2.500 pessoas em Guarulhos, do loteamento Anita Garibaldi, concedido pelo juiz Rubens Curi. " A Ordem está interessada em negociar com a Justiça e a Polícia no sentido de encontrar saídas pacíficas para este tipo de conflito", afirmou o presidente da Comissão, João José Sady.
A Ordem encaminha na segunda-feira, ao Corregedor Geral, Luiz Macedo, através da Subcomissão de Moradia, uma série de reivindicações dos desejados. Entre elas, a necessidade das autoridades fazerem o arrolamento dos seus pertences, que na maioria das vezes não conseguem reaver.
Mais informações, na Assessoria de Imprensa da OAB-SP, pelos telefones 3105-0465 e 239-5122, ramal 224.