Comissão de Direitos Humanos pede inquérito na Febem


25/09/2001

Direitos Humanos pede inquérito na Febem

Integrantes da Comissão de Direitos Humanos da OAB-SP estarão presentes hoje à manifestação que acontece às 14 horas em frente ao Juizado da Infância e Juventude, no Brás. Eles estarão acompanharando parentes de crianças e adolescentes internados na unidade da Febem da rodovia Raposo Tavares, que vão protestar contra supostos maus-tratos que os internos estariam sofrendo.

A Comissão da Ordem será recebida pelos promotores da Infância e Juventude, e pedirá a instauração de inquérito para apurar as denúncias de violência. O advogado Ariel Castro Alves, da Comissão de Direitos Humanos da OAB-SP esteve na unidade para conversar com os pais e apurar a veracidade das denúncias de espancamento, a exemplo do que a Ordem faz em casos desse tipo de denúncia. "O problema mais grave diz respeito às fraturas, que demonstram a gravidade da situação", diz.

Maiores informações para a Imprensa através do telefone 3105-1740 ou 239-5122, ramal 224.