Direitos Humanos participa de debate sobre política penitenciária na Assembléia


23/11/2001

Direitos Humanos participa de debate sobre política penitenciária na Assembléia

O coordenador da Comissão de Direitos Humanos da OAB-SP, João José Sady, vai participar no dia 26 de novembro, do seminário “Falhas da Política Penitenciária do Estado de São Paulo”, à partir das 9 horas, no auditório Teotônio Vilela da Assembléia Legislativa de São Paulo.

O coordenador da Ordem falará sobre a problemática das carceragens nos distritos policiais e sobre a questão da mulher carcerária, ressaltando a questão da visita íntima. No mês de setembro, o coordenador da Comissão da OAB-SP encaminhou ofício ao secretário Nagashi Furukawa, da Administração Penitenciária do Estado de São Paulo, solicitando providências para que seja assegurado às presas o direito de receber visitas íntimas.

A abertura do evento será feita pelo debutado estadual e sub-relator da CPI do Sistema Prisional da Assembléia Legislativa sobre as falhas da política penitenciária do Estado, Wagner Lino (PT). O evento também terá como conferencistas: João Batista Pancioni, diretor de formação do Sindicato dos Funcionários do Sistema Prisional; Renato Laércio Talli, desembargador e ex-corregedor da Secretaria de Administração Penitenciária; Carmem Silva de Moraes, procuradora do Estado atuante junto à Procuradoria de Assistência Judiciária da Vara de Execuções Criminais; padre Valdir João Silveira, coordenador da pastoral carcerária da Arquidiocese de São Paulo; Otávio Augusto Machado de Barros Filho, juiz corregedor da Vara de Execuções Criminais de São Paulo, e Luiz Eduardo Greenhalgh, deputado federal (PT) e presidente da subcomissão carcerária da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados. Durante o evento haverão discussões temáticas em grupo e a apresentação das propostas dos Grupos de Trabalho.