Novas Carteiras vão garantir mais segurança


11/12/2001

Novas carteiras vão garantir segurança

OAB INICIA CAMPANHA NACIONAL
PELA RENOVAÇÃO DE CARTEIRAS

No ano passado, a OAB-SP registrou 107 casos de exercício ilegal da profissão. Muitos deles de pessoas que se passavam por advogados. Entre eles, Antonio da Cruz Cerqueira, que foi preso em flagrante no dia 25 de julho de 2000, dentro do Tribunal de Ética e Disciplina da OAB-SP, no prédio sede da Ordem, portando uma carteira falsa de advogado. Com este “documento” ele tentava consultar um processo disciplinar. “ Estes estelionatários prejudicam inocentes cidadãos, que pensam estar dando andamento a seus pleitos junto à Justiça, quando na verdade promovem caça níqueis para lesar os mais carentes”, explica o presidente da OAB-SP, Carlos Miguel Aidar.

No sentido de ampliar a segurança dos documentos de identificação dos advogados, o Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil lança em São Paulo, no dia 14 de dezembro, às 15horas, no salão nobre da Ordem ( Praça da Sé, 385, 1 andar), a “Campanha de Renovação das Carteiras Profissionais dos Advogados, Estagiários, Consultores em Direito Estrangeiro e Membros da Ordem”, que irá atingir 500 mil profissionais em todo o País. “Os novos modelos (Carteira e Cartão) representam o que há de mais moderno em segurança documental. Utilizará papel da Casa da Moeda , tinta invisível reagente à luz ultra violeta e código de barras”, comenta o presidente do Conselho Federal, Rubens Approbato Machado.

Todos os advogados do País deverão substituir seus documentos até o dia 31 de dezembro de 2002, sendo que os novos terão validade por três anos, a partir da data de emissão, para advogados , e de dois anos para os estagiários. As carteiras antigas, com as anotações gerais, poderão ficar sob a guarda dos advogados, mas receberão um registro de documento histórico. “A Campanha também propiciará um quadro mais preciso do número de advogados ativos no País e do quadro de inadimplência”, destaca Approbato.

Mais informações, na Assessoria de Imprensa da OAB-SP, pelos telefones 3241-5122, ramal 224 e 3105-0465.