Problemas no CDP de Guarulhos


12/03/2002

Problemas no CDP de Guarulhos

A Subsecção de Guarulhos da OAB SP está acompanhando desde domingo, dia 10 de março, a transferência de 100 presos do Cadeião de Pinheiros para o Centro de Detenção Provisória I (CDP) da cidade, em decorrência da última rebelião acontecida no Cadeião . O CDP 1, inaugurado no último dia 4, contou com gestões da OAB-SP nesse sentido, uma vez que havia restrições de ordem ambiental por parte da prefeitura. Segundo Fábio de Souza, secretário-geral da OAB de Guarulhos e presidente da Comissão de Direitos Humanos da cidade, os presos foram transferidos à noite sem que houvesse infra-estrutura para recebê-los. “ Faltam colchões nas celas e policiamento nas muralhas”, diz.
Recentemente, a OAB SP fez uma inspeção nos distritos policiais da cidade e apurou que 433 presos ocupavam celas em apenas 4 DPs, em condições subumanas. O secretário estadual de Administração Penitenciária, Nagashi Furukawa, na ocasião da visita, garantiu que o CDP abrigaria apenas a população carcerária local. “Além do secretário não ter cumprido com sua promessa, está impondo um retrocesso à situação carcerária de Guarulhos, que volta à estaca zero”, alerta Souza.

Mais informações para a Imprensa pelos telefones (11) 3105-0465 ou 3241-5122, ramal 224.