NEGOCIAÇÃO SOBRE ÁREA INVADIDA NÃO AVANÇA


28/07/2003

NEGOCIAÇÃO SOBRE ÁREA INVADIDA NÃO AVANÇA

“ As negociações não avançaram porque as partes não tinham propostas concretas que levassem a uma possível solução”, avalia o conselheiro Amilcar Aquino Navarro, representante da OAB SP, que participou da reunião que aconteceu hoje (28/7), às 9 horas, no Comando de Policiamento de Área Metropolitano (CPAM-6)de Santo André sobre a área invadida da Volkswagen, em São Bernardo do Campo, onde estão cerca de 4 mil famílias, organizadas pelo Movimento dos Trabalhadores Sem Teto.
Segundo Amilcar, especialsita em questões fundiárias, a OAB SP está disposta a colaborar no que for possível para promover a conciliação, que leve a uma saída pacífica ou viabilize uma solução satisfatória para as famílias acampadas e para a montadora, que detém uma decisão judicial a seu favor. “O comando da PM encerrou a reunião, afirmando que a reintegração será cumprida. O terreno está à venda e o movimento deseja que o governo adquira a área”, completa Amilcar, apontando que esta seria uma possibilidade a ser negociada com a prefeitura, governo do Estado ou mesmo a União.
Mais informações, na Assessoria de Imprensa da OAB SP, pelos telefones 3291-8175/82.