SERVENTUÁRIOS DECIDEM PELA CONTINUIDADE DA GREVE


11/08/2004

SERVENTUÁRIO DECIDEM PELA CONTINUIDADE DA GREVE

Com uma série de críticas à Ação Civil Pública impetrada pela OAB SP contra as entidades representativas dos servidores do Judiciário Estadual para cessar o movimento grevista, os funcionários realizaram nesta quarta-feira (11/8), em frente ao Fórum João Mendes, uma nova assembléia estadual, decidindo pela continuidade da paralisação,iniciada em 30 de junho. No pedido de tutela antecipada, concedido à OAB SP, a juiza federal substituta, Luciana da Costa Aguiar Alves Henrique,estipula a volta ao trabalho de 60% do efetivo dos funcionários da Justiça, sob pena de multa diária. Uma nova assembléia será realizada no dia 25 de agosto.

O presidente da OAB SP, Luiz Flávio Borges D´Urso lamenta a decisão dos serventuários de manter o movimento grevista. “ A população de São Paulo não pode continuar sem justiça e os advogados, sem possibilidade de exercer sua atividade. A decisão pela medida judicial feita pela Ordem não busca qualquer tipo de punição, mas visa pressionar os seventuários para que voltem ao trabalho. Em nenhum momento a OAB SP deixou de apoiar seu justo pleito de resposição salarial. Entendemos que há outras formas de reivindicação, como uma paralisação de um dia, que não iria comprometer o andamento da Justiça ”, afirmou D´Urso.