D´URSO FAZ BALANÇO DA GREVE PARA ALCKMIN


23/08/2004

D´URSO FAZ BALANÇO DA GREVE PARA ALCKMIN

Na audiência que teve nesta segunda-feira (23/8) com o governador do Estado, Geraldo Alckmin, no Palácio dos Bandeirantes, o presidente da OAB SP, Luiz Flávio Borges D´Urso, fez um balanço de todos o prejuízos que a paralisação dos servidores do Judiciário, iniciada há quase dois meses, está causando aos advogados e ao jurisdicionado.

“ A essa altura já contabilizamos graves danos, com o adiamento de quase 300 mil audiências, além da constatação de que levaremos mais de dois anos para colocar a pauta da Justiça em dia. A nossa preocupação também é relativa aos 47 mil advogados que integram o Convênio de Assistência Judiciária, que prestam atendimento gratuito à população, que não estão recebendo pelos serviços prestados, porque não há expedição de certidões”. Esse é o resumo das colocações do presidente da OAB SP ao governador, na tentativa da busca de solução alternativa para resolver o impasse entre o Tribunal de Justiça e os servidores em greve. O governador, por sua vez, relatou que enfrentou recentemente uma série de greves e que a questão está na esfera do TJ.

O presidente da OAB SP também está agendando para esta semana nova reunião com o presidente do TJ, Luis Elias Tâmbara, na tentativa de romper o impasse com os grevistas, após a última proposta de reajuste. “ A despeito da ação civil pública, a OAB SP sustenta que a reposição salarial pretendida pelos servidores é justa e está empenhada na sua concretização. Todavia, continuará resistir à paralisação e tentará cessar o movimento grevista”, afirmou D´Urso.

Mais informações, na Assessoria de Imprensa da OAB SP, pelos telefones 3291-8175/82.