D´URSO CRITICA BALÕES DE ENSAIO SOBRE RESTRIÇÃO DE UTIs


13/04/2005

D´URSO CRITICA BALÕES DE ENSAIO SOBRE RESTRIÇÃO DE UTIs

Para o presidente da OAB SP, Luiz Flávio Borges D´Urso, o recuo do ministro da Saúde, Humberto Costa, da decisão de criar normas e protocolos para internação de pacientes nas UTIs uma decisão de bom senso. “ Contudo, está sendo comum o lançamento de balões de ensaio sobre matérias polêmicas, antes da realização de um amplo debate com a sociedade brasileira. Isso é uma inversão, que acaba desgastando o próprio Executivo”, diz D´Urso, que havia classificado a decisão do Ministério da Saúde de inconstitucional e uma violação aos direitos humanos.


Na avaliação do presidente da OAB SP, é um “ descalabro alguém decidir sobre a vida de outro com base em um diagnóstico que, por ser um ato humano, é passível de erro”. Para D´Urso, o atendimento na rede pública de saúde deve ser indiscriminado – e não seletivo como proposto na discussão sobre restrição do uso de UTIs. “ O adiamento do debate sobre o assunto é salutar , mas o ideal é encerrá-lo, uma vez que não atende aos interesses dos cidadãos”, completa.

Mais informações, na Assessoria de Imprensa da OAB SP, pelos telefones 3291-8175.