NOVO SECRETÁRIO DE JUSTIÇA VISITA CONSELHO SECCIONAL


25/05/2005

NOVO SECRETÁRIO DE JUSTIÇA VISITA CONSELHO SECCIONAL

O novo Secretário de Estado da Justiça, Hédio Silva Júnior, ex-vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB SP, participou da reunião do Conselho Seccional, no último dia 23 de maio, a primeira após sua posse na secretaria e seu desligamento do cargo que ocupava na OAB SP. O secretário foi homenageado com uma placa pelos serviços prestados à Ordem.

Durante o tempo em que esteve à frente da Comissão de Direitos Humanos, Hédio recebeu relatores da ONU, defendeu a apuração rigorosa da chacina de moradores de rua em São Paulo, participou de visitas a hospitais psiquiátricos, fez várias diligências à Febem para verificar denúncias de maus tratos e tortura e foi aos CDPs de São Paulo para apurar a retenção de parentes de presos durante o período de visita.

O presidente da OAB SP, Luiz Flávio Borges D´Urso, e vários conselheiros saudaram o novo secretário, empossado no último dia 16, e destacaram as qualidades profissionais e pessoais de Hédio.“Foi com muita alegria que esta Casa recebeu a escolha do governador Geraldo Alckmin porque foi uma verdadeira homenagem À OAB SP e recaiu sobre um daqueles que, como qualquer um de nós, tem paixão pela advocacia. Além de suas qualidades profissionais, é professor-doutor, Hédio tem condições pessoais que o distinguem, como a serenidade, o preparo e a capacidade de ouvir antes de decidir”, ponderou D´Urso.

O conselheiro nato do Conselho Federal da OAB e Seccional, Rubens Approbato Machado, ressaltou os méritos de Hédio para ser escolhido como secretário, lembrou dos muitos advogados que ocuparam a pasta da Justiça no Estado e contou da surpresa no dia da posse.“A nomeação de Hédio deveu-se apenas aos méritos dele pois ele é notável em todos os aspectos, tem força, carisma, além de ser um líder. A prova de seus méritos observamos no dia da posse, que precisou ser transferida para um auditório, tantas eram as pessoas presentes no Palácio dos Bandeirantes. Hédio ocupa hoje um lugar onde já estive - e sei da emoção que ele está sentindo - assim como José Carlos Dias, Muylaert Antunes, Mário Sérgio Duarte Garcia, que foi presidente desta Seccional e presidente do Conselho Federal, Antonio Cláudio Mariz de Oliveira, Manuel Alceu, Antonio Correa Neves e Belisário dos Santos Júnior sentiram”, disse Approbato.

O Secretário Geral da OAB SP, Arnor Gomes da Silva Júnior, se emocionou ao falar do amigo de tantos anos e tantas batalhas. “Existe entre nós, entre pessoas que militam nessa área de socorro aos combalidos, aos sem cidadania, aos sem justiça, aos sem emprego, uma identidade. E muitas vezes sou tomado pela emoção, deixo um pouco de lado a razão. Para eu falar do Hédio, quem fala é o coração. Você, Hédio, está no lugar certo. Não poderia ser outra secretaria que não a da Justiça. Por isso, eu desejo todo sucesso,”afirmou.

Para agradecer a saudação, Hédio Silva Júnior falou do papel que a Ordem teve em sua nomeação e no desejo de retornar à advocacia depois de cumprir sua missão.“Fiz questão de manifestar meu desejo de participar dessa reunião ao presidente D´Urso porque o papel que desempenhei nesta Casa, por um prazo curto, foi que me permitiu chegar à honrosa função de Secretário de Estado da Justiça. Tenho absoluta certeza de que só pude resgatar um papel de protagonismo político e social da Comissão de Direitos Humanos graças ao espírito democrático, ao diálogo, a autonomia e ao respeito que este Conselho e o presidente deram à comissão. Sinto-me agraciado por ocupar este cargo, mas quero dizer que minha vocação é a advocacia privada e o secretário de Justiça passa a ser um militante temporariamente não advogado, mas um militante da advocacia na secretaria de Justiça”, ressaltou o secretário.