FADESP DIVULGA CARTA DE ENCONTRO


18/11/2005

FADESP DIVULGA CARTA DE ENCONTRO

II CONGRESSO DAS ASSOCIAÇÕES DE ADVOGADOS DO ESTADO DE SÃO PAULO
CARTA DE SÃO BERNARDO DO CAMPO
“Legalidade e liberdade são as tábuas de vocação do advogado. Nelas se encerra, para ele, a síntese de todos os mandamentos. Não desertar a justiça, nem corteja-la. Não lhe faltar com a fidelidade, nem lhe recusar o conselho. Não transfugar da legalidade para violência, nem trocar a ordem pela anarquia. Não antepor os poderosos aos desvalidos. Nem recusar patrocínio a este contra aqueles. Não servir sem independência a justiça, nem quebrar da verdade ante o poder. Não se subtrair a defesa das causas impopulares, nem a das perigosas quando justas. Onde for apurável um grão que seja verdadeiro direito de não regatear ao atribulado o consolo do amparo judicial. Não proceder, nas consultas, senão coma imparcialidade do juiz nas sentenças. Não fazer banca balcão ou da ciência mercatura. Não ser baixo com os grandes, nem arrogante com os miseráveis. Servir aos opulentos com altivez e aos indigentes com caridade. Amar a Pátria, estremecer o próximo, guardar fé em Deus na verdade e no bem.
Rui Barbosa – oração aos moços.
FADESP – Federação das Associações dos Advogados do Estado de São Paulo congregados na Augusta Associação dos Advogados de São Bernardo do Campo , no II CONGRESSO DAS ASSOCIAÇÕES DE ADVOGADOS DO ESTADO DE SÃO PAULO, com a Associações de Advogados representados pelos seus respectivos presidentes, infra-firmados, deliberam em plenária pela redação da presente CARTA DE SÃO BERNARDO DO CAMPO, onde:

Reconhece a importância das Associações de Advogados como braço forte representativo da Sociedade civil e da defesa dos direitos e prerrogativas dos advogados em geral, com vistas a melhor o desempenho da democracia e na luta permanente para a manutenção do estado democrático de Direito
Ressalta e dá apoio incondicional da Ordem dos Advogados do Brasil com as causas maiores da Sociedade, principalmente na Defesa da Constituição Federal e, particularmente á classe dos advogados e, nesse sentido, registrar os cumprimentos ao Conselho Seccional, na pessoa do Presidente da Seccional São Paulo, Dr. Luiz Flávio Borges Dúrso pela coragem de enfrentar decisão do Egrério Tribunal de Justiça que feriu dispositivo a Lei Maior acerca do quinto constitucional obtendo da corte suprema a despejada e justa liminar que cassou tal decisão.
Pugna pela união e integração dos Conselhos Seccionais, das Subsecções dos Tribunais de Ética e das Comissões, com a FADESP e as Associações de Advogados com a mobilização e a presença ativa das Seccionais nos pleitos em comum, na defesa da classe dos advogados, pela dignidade e grandeza da Advocacia!
Lido e achado conforme, fica aprovado o texto, por unanimidade dos presentes.

São Bernardo do Campo/SP, aos 12 de novembro de 2005.

FEDERAÇÃO DAS ASSOCIAÇÕES DOS ADOVOGADOS DO ESTADO DES SÃO PAULO
Dr. Raimundo Hermes Barbosa – Presidente