COMUNICADO DE FALECIMENTO


17/02/2006

COMUNICADO DE FALECIMENTO

A OAB SP comunica o falecimento do advogado Nicolau Tuma, no dia 11 de fevereiro. O corpo foi velado na Assembléia Legislativa de São Paulo e a missa de sétimo dia será hoje, (17/2) às 12 horas, na igreja Nossa Senhora do Brasil (praça Nossa Senhora do Brasil, 1). Formado pela Faculdade de Direito do Largo São Francisco, em 1931, Tuma era considerado a "voz de São Paulo" pois leu na rádio Record de São Paulo a declaração inicial da Revolução Constitucionalista de 9 de Julho de 1932 e continuou lendo os boletins revolucionários paulistas, a despeito da censura imposta, em todo o País, pelo Governo Getúlio Vargas.

Em 1945 participou da campanha civilista pela redemocratização do País. Foi Deputado Federal por três mandatos e Ministro do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo. Destacou-se na elaboração do primeiro Código Nacional de Trânsito e do primeiro Código Brasileiro de Telecomunicações, tendo sido um dos formuladores da nova telefonia brasileira, das ligações DDD e DDI.

O presidente da OAB SP, Luiz Flávio Borges D’Urso, externou seus pêsames à família.