TED suspende Advogado


02/10/2006

Suspensão temporária de 90 dias é aplicada pela Terceira Turma do TED.

 A  3ª Turma da Capital do Tribunal de Ética e Disciplina da OAB SP , decidiu, por unanimidade, suspender preventivamente por 90 dias  o advogado Ademilson Alves de Brito, um dos acusados de ter planejado o seqüestro do menino Lucas da Silva, de 6 anos, em maio  deste ano e que permaneceu 63 dias em cativeiro. A primeira sessão de julgamento do Tribunal  foi realizada no dia 13 de setembro, no DP de Barueri, onde Ademilson está preso, oportunidade na qual ele apresentou sua defesa.

 Segundo o presidente da 3ª Turma do TED, Eliseu Alves de Melo, na sessão do dia 28 de setembro, que  deu continuidade aos trabalhos,   todos os membros acompanharam o voto do relator, Paulo de Tarso, pela aplicação da suspensão temporária com base no Art. 34,XXV, do Estatuto - manter conduta incompatível com a Advocacia. “ Cabe recurso, que não terá efeito suspensivo da penalidade. Também já  foi instaurado processo disciplinar para analisar o mérito”, completa Eliseu.

 De acordo com o presidente do Tribunal de Ética e Disciplina da OAB SP, Braz Martins Neto, o TED se limita a divulgar a pena imposta, uma vez que é informação pública registrada no Diário Oficial,  mas não o conteúdo do processo, que é sigiloso.

Já a advogada de Franca, Adriana Tellini Pedro, suspeita de ligações com o crime organizado, recebeu da 13 Turma de Ética de Ribeirão Preto, na sessão do dia 15 de setembro, a pena principal de um ano. Ela já havia sido suspensa preventivamente por 90 dias , suspensão que terminou no último dia 23 de setembro. Cabe recurso da decisão do TED,  a partir da publicação do acórdão.