CONY LANÇA NOVO ROMANCE


07/08/2007


O jornalista e escritor, Carlos Heitor Cony lançã um novo romance " A Vida e A Morte". Nesta obra, o cosmopolitismo de seus personagens, as mais frugais das dicotomias existenciais ser cruzam com discurso livre associativo do inconsciente.

Nesse quadro, as diferenças que definem o sujeito detentor de uma personalidade, são pulverizadas por canais de comunicação instantânea.

Entre outros destaques, Cony faz sobressair a discussão sobre a prática da eutanásia, encravada no contexto do romance. Sua incursão nesse campo é substancial para formação de opinião, enquanto o Congresso Brasileiro compõe uma legislação específica.

A deterioração das relações, também esmagadas pelo conseqüente isolamento dos personagens angustiados, pressiona por sua vez o leitor a se posicionar, a se definir quanto aos dilemas e suas veredas. Com isso nos obriga a refletir quanto à avassaladora carga do real.

Conduzir a ação é uma especialidade que Carlos Heitor Cony faz com maestria. Seus desfechos nos dão a certeza de que a literatura é usuária única das propriedades que Ítalo Calvino destaca: "Leveza", "Rapidez", "Exatidão", "Visibilidade, "Multiplicidade" e "Consistência