PRESIDENTE DA OAB SP VISITA NOVO PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA


14/04/2008

Prerrogativas profissionais e Quinto Constitucional foram os assuntos predominantes ao longo da visita que o presidente da OAB SP, Luiz Flávio Borges D´Urso, fez ao novo procurador-geral de Justiça de São Paulo, Fernando Grella Vieira, nesta quinta-feira (10/4), às 11 horas, na sede do MP-SP.

“Esta visita de cortesia tem o intuito de homenagear os novos integrantes da cúpula do Ministério Público de São Paulo, reiterando nosso propósito de diálogo leal e franco e colocando a OAB SP à disposição para iniciativas conjuntas em prol da cidadania”,  comentou D´Urso.  Grella, por sua vez, destacou a importância desse trabalho conjunto entre as duas entidades, uma vez que ambas têm missão comum no interesse da Justiça. O novo procurador-geral também afirmou que o MP está aberto ao diálogo e reconhece a importância que a OAB SP teve e tem na defesa da tutela das liberdades e dos interesses da sociedade.

 O presidente da OAB SP ponderou sobre a necessidade de conscientização a respeito das prerrogativas profissionais dos operadores do Direito. Grella considerou oportuno abrir o diálogo no sentido de contemplar um trabalho conjunto de várias entidades para difundir essa preocupação  com as prerrogativas profissionais e até sugeriu a possibilidade  da introdução  desse tema na Escola Superior do MP.

 D´Urso também convidou o chefe do MP para junto com a OAB SP  ampliar o diálogo com o Tribunal de Justiça  sobre o Quinto constitucional. “Defendemos o acesso aos tribunais, dos advogados e promotores, como forma de melhoria da qualidade dos julgamentos”, ponderou D´Urso.  Observou que no Tribunal Justiça Militar,  a Advocacia e o MP vinham revezando uma vaga, mas diante da nova lei assegurou-se um quinto efetivo das cadeiras às duas classes, como prevê a Constituição.Grella explicou que a questão  do Quinto Constitucional vem sendo tratada pelo Colégio de Procuradores e pelo Órgão Especial do MP e é matéria de interesse da instituição.

 O presidente da Ordem estava acompanhado do diretor-tesoureiro, Marcos da Costa; da conselheira e diretora-adjunta da Mulher Advogada, Tallulah Carvalho; da presidente da Subsecção de Campinas, Tereza D´Oro e do presidente da Associação dos Advogados de Campinas, Sidnei D´Oro. O procurador geral estava acompanhado do assessor especial, Paulo Sabella e de Hideo Shimizu, chefe de gabinete.