FESTA SOLENE PARA HOMENAGEAR O CENTENÁRIO DA IMIGRAÇÃO JAPONESA NO BRASIL


04/07/2008

A comunidade nipo-brasileira de São Paulo se vestiu de gala para a cerimônia de homenagens da OAB SP e da CAASP (Caixa de Assistência dos Advogados de São Paulo) ao Centenário da Imigração Japonesa no Brasil, realizada na noite desta segunda-feira (30/6), no Teatro do Sesc Vila Mariana.

“ De todas as homenagens que a comunidade nikkei tem recebido neste ano em que se comemora o centenário da imigração japonesa no Brasil, está é, sem dúvida alguma, a mais significativa de todas, por ser prestada por uma instituição tradicional e respeitabilíssima, caracterizada pela defesa permanente da sociedade, da lei, da ordem e que jamais se omitiu na luta pela preservação da dignidade humana, na luta pelo restabelecimento do Estado Democrático de Direito nos dias difíceis da nossa história, quando poucas vozes se faziam ouvir”, afirmou o advogado e professor universitário Kiyoshi Harada, coordenador editorial do livro “O Nikkei no Brasil”.

 

O presidente da OAB SP - Luiz Flávio Borges D’Urso – destacou a representação de membros da comunidade nipo-brasileira nos quadros da Ordem paulista e da CAASP, como a  diretora adjunta da Mulher Advogada e conselheira, Tallulah Kobayashi Carvalho; Kozo Denda, vice-presidente da CAASP e presidente da Comissão de Organizadora das Comemorações do Centenário da Imigração Japonesa; Pedro Eeiti Kuroki, diretor da CAASP. “Advogados japoneses, niseis e sanseis são bem-representados no Conselho e diretorias da entidade  como presidentes e diretores de diversas subsecções entre as 218 que existem de todas as regiões do Estado de São Paulo”.  D’Urso também lembrou que a idéia de um grande evento em homenagem aos 100 anos da chegada das primeiras famílias vindas do Japão partiu do advogado e ex-governador de São Paulo, Cláudio Lembo, e frisou a importância do trabalho da Comissão instituída especialmente para organizar o evento.

 

“Um ponto alto de celebração dos 100 deste povo que deixou sua terra natal e veio para outras terras buscar um sonho, que para alguns se concretizou, para outros ainda não, mas esse sonho sonhado coletivamente ajudou a construir o nosso país. Portanto, muito mais do que palavras oferecemos um gesto para homenageá-lo por meio de expoentes de vários setores do conhecimento humano – das artes, da ciência, dos negócios. Essa homenagem retrata o caráter desses homens e mulheres que atravessaram o mundo para chegar ao Brasil, todos iguais, na humildade, na força de trabalho, no respeito aos ascendentes, na honradez e acima de tudo iguais no amor ao Japão e ao Brasil”, refletiu D’Urso.

 

Contribuições

 

Sidney Uliris Bortolato Alves, presidente da CAASP, afirmou que “é preciso reconhecer a imensurável contribuição social e econômica dada a esse país pelo povo japonês nestes 100 anos de muitas conquistas históricas e também à saga de uma trajetória cheia de dificuldades e vitórias, motivo de alegria para todos os brasileiros”. Bortolato lembrou que essa história se iniciou com o dispositivo legal implantado pelo governo brasileiro por meio da publicação da lei de imigração e colonização que forjou uma harmoniosa convivência entre povos tão diferentes.

 

 O presidente da CAASP também enalteceu a coragem das 165 famílias pioneiras que deixaram para traz suas casas, amigos e parentes. “Eram compostas por homens, mulheres e jovens com uma força incrível para iniciar uma vida nova, porém se, esquecer o berço da sua cultura, e aqui conseguiram perpetuar suas tradições milenares da Terra do Sol Nascente, tão presente ainda hoje em nosso cotidiano”, disse Bortolato, lembrando que, até 1940, quase 200 mil japoneses haviam repetido a rota do Kasato Maru, confiantes de que as terras brasileiras guardavam um futuro promissor. “Hoje, um século depois 1,5 milhão de japoneses e descendentes abraçam o Brasil com a pátria de coração, constituindo a maior colônia de japonesa fora do Japão”.

 

Comissão Organizadora

 

Kozo Denda  destacou os desafios de organizar uma homenagem a altura da importância da colônia nipo-brasileira. A Comissão inclui os advogados João de Sá Teixeira Neves, ex-presidente da Subsecção Lapa; Jairo Haber, Pedro Kuroki e Anis Kfouri Júnior, todos da Diretoria da CAASP; o conselheiro seccional Cícero Harada; Roseli Katsue Sakaguti Kuhbauch, vice-presidente da Subseção do Ipiranga;  Sérgio Hiroshi Sioia, presidente da Subsecção de Jacupiranga, um dos pólos da imigração japonesa no Estado de São Paulo e Pedro Ivo Gricoli Iokoi, secretário geral da Subsecção de Pinheiros. Todos ajudaram a entregar as placas aos 52 homenageados. Kozo Denda ressaltou o trabalho e o dinamismo de Iokoi, que secretariou a Comissão de organização ao longo de todo o trabalho.

 

Denda ressaltou que o muito difícil foi instituir um critério para a escolha das personalidades para receber a homenagem, pois existem milhares de pessoas que contribuíram com essa integração nipo-brasileira, desde aqueles que nos primórdios da imigração desbravaram esse país com o trabalho na lavoura. “Quero assim que todos se sintam homenageados pela classe dos advogados de São Paulo”, frisou o vice-presidente da CAASP.

 

Muito emocionada com a homenagem surpresa,  a diretora adjunta da Mulher Advogada,Tallulah Kobayashi Carvalho,  lembrou a história do pai imigrante. “ Não deve ter sido fácil vir do outro lado do mundo, em 1918, começar como lavrador no Brasil,  casar com uma brasileira, naquela época em que isso era quase proibido, começar a criar asas e formar seus três filhos. Meu pai não é mais vivo. Viu aqui os frutos do que plantou”, afirmou.

 

Show nipo-brasileiro

 

 

A festa que teve apresentação de tambores do Tamashi Taiko de Cotia; show de ilusionista nipo-brasileiro Issao Imamura; e apresentação de canções tradicionais japonesas, teve como escopo central a entrega de placa comemorativa a 52 personalidades oriundas da colônia que se destacaram nas mais variadas áreas do conhecimento humano: jurídica, cultural, artística, política, educacional, saúde, arquitetura, engenharia, comunicação, advocacia e empresarial

 

Ao final  do evento, D´Urso fez um balanço:“Foi uma  festa esta cheia de emoção. Tivemos aqui  os homenageados , desbravadores - japoneses ou seus descendentes -  que atravessaram os oceanos para ajudar a construir o Brasil, Depois de 100 anos de imigração  japonesa, temos a obrigação de cultuar os valores, a honradez, o respeito aos ascendentes que este povo nos ensinou”.

 Conheça os premiados:

GAL. AKIRA OBARA

DR. AMÉRICO SUGAI (in memorian)

SRA. ANDREA THOMIOKA

VEREADOR AURÉLIO NOMURA

DRA. CHIEKO AOKI

DESEMBARGADORA CONSUELO YATSUDA MOROMIZATO YOSHIDA

DR. DIOGO NOMURA (in memorian)

MINISTRO FERNANDO EIZO ONO

DR. GETÚLIO KYOTOMO HANASHIRO

DR. HATIRO SHIMOMOTO

DR. HÉLCIO HONDA

SRA. HELENA MIZUMOTO

DR. HIROFUMI IKESAKI

SR. HIROSHI MINAKAWA (in memorian)

DRA. IURICA TANIO OKUMURA

DESEMBARGADOR JÔ TATSUMI

VEREADOR JOOJI HATO

TENENTE-BRIGADEIRO-DO-AR JUNITI SAITO

PROF. DR. KAZUO WATANABE

DR. KEIZE HARADA (in memorian)

DESEMBARGADOR KIOITSI CHICUTA

DR. KIYOSHI HARADA

PROF. DR. KOKEI UEHARA

SRA. LEDA NAKABAYASHI SHIMABUKURO

DESEMBARGADOR LUIS CARLOS HIROKI MUTA

DRA. MARIA MINOMO AZEVEDO

CEL. PM LUIZ MASSAO KITA

PROF.ª DRA. MARICO MEGURO

MINISTRO MASSAMI UYEDA

DESEMBARGADOR NELSON HANADA

DESEMBARGADOR PAULO HATANAKA

GENERAL PAULO KAZUNORI KOMATSU

PROF. DR. PAULO YOKOTA

DR. RAUL TAKAKI

CEL. PM REIZO NISHI

SR. RENATO KENJI NAKAYA

PROF. DR. ROQUE KOMATSU

SRA. ROSA MIYAKE

PROF. DR. RUI OHTAKE

PROF. DR. SEDI HIRANO

MINISTRO SEIGO TSUZUKI

MINISTRO SHIGEAKI UEKI

DR. SHIZUO HOSOE (in memorian)

SRA. SUZANA YUMI MURANAGA BARTELS

TALLULAH  KOBAYASHI CARVALHO

DR. TEIICHI HAGA

SRA. TIZUKA YAMAZAKI

SRA. TOMIE OHTAKE

DR. TUYOCI OHARA

VEREADOR USHITARO KAMIA

DEPUTADO WALTER SHINDI IIHOSHI

DEPUTADO WILLIAM BOSS WOO