TJ-SP DESISTE DE DESAPROPRIAR PRÉDIO


30/04/2010

A atuação da OAB SP foi fundamental para que o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP) desistisse do pedido de desapropriação do edifício situado à Rua Tabatinguera, 140, que abriga cerca de 800 advogados e instituições jurídicas, para instalar seus setores de recursos humanos e de administração.

 A avaliação é do conselheiro seccional, Darmy Mendonça, presidente da Comissão do Advogado  Assalariado da OAB SP, que organizou a  reunião entre a Diretoria da Ordem e os advogados do prédio.

 Para o  presidente da OAB SP, Luiz Flávio Borges D´Urso ,  a cúpula do TJ-SP foi sensível  aos apelos da Advocacia  para buscar outro imóvel, uma vez que  a desapropriação do edifício   traria um impacto enorme sobre o exercício profissional de centenas de advogados, alguns com mais de 30 anos naquele endereço. “ Isso demonstra que a classe quando está unida vence qualquer barreira na defesa de seus interesses”, ressaltou D´Urso.