JARBAS MACHIONI PRESIDIRÁ COMISSÃO WEB ADVOCACIA


08/06/2010

As redes sociais estão na mira da OAB SP. A recém-criada Comissão Web Advocacia, que será presidida pelo conselheiro Jarbas Machioni, pretende criar uma rede social, com destaque na área profissional, exclusiva para Advogados e Estagiários , uma espécie de "Facebook" misturada com "Linkedin" da Advocacia.

 O profissional poderá colocar o seu perfil, suas especialidades, bem como sua rede de relacionamentos e outras informações que julgar necessária.  Assim, por exemplo, se um advogado precisar de um colega especialista em direito previdenciário na cidade de São José do Rio Preto, poderá ele não só selecionar os especialistas locais , mas checar os colegas mencionados da rede de relacionamento de tais especialistas, buscando um conhecido comum e eventuais informações complementares.  Evidente que tudo isso deverá seguir rigorosamente os preceitos deontológicos da profissão.

Além disso, haverá uma espécie de  “Wikipédia do Código de Processo Civil, Penal e do Processo do Trabalho” .  A idéia é termos, por exemplo, o código de processo civil nas redes, com anotações feitas pelos usuários. Seriam notas referindo à jurisprudência, decisões específicas que os usuários tenham achado interessante, advertências  sobre práticas em juízos específicos.  Algo como :  "atenção, o juízo da Vara tal entende ser necessária a juntada de duas vias do documento "x", ou "saiu uma decisão do TJ sobre esse artigo ... " , "na Revista de Direito Mercantil  n.º tal há um artigo sobre isso" etc  .  Assim, teríamos o pensamento e a prática vivos da advocacia paulista.Além disso, pensamos uma rede de comunicação instântanea, como o  “Twitter"  do Advogado", diz.

 Machioni é um entusiasta das redes sociais  e considera que a advocacia ainda  explora com timidez esse recurso da web. Para o presidente da OAB SP, Luiz Flávio Borges D´Urso, Machioni tem o perfil certo para o cargo, porque é um blogueiro que domina os sites de relacionamentos.

Maior site de relacionamentos do ocidente, o Facebook atingiu em abril de 2010 a marca de 400 milhões de usuários. Além de encontrar amigos, compartilhar fotos e vídeos, trocar mensagens e participar de grupos de interesse, a rede oferece serviço de mensagens instantâneas, anúncios de negócios e jogos online, entre muitas outras utilidades. A versão para os advogados terá uma perfil voltado à profissão . Assim, o advogado poderá disponibilizar seu perfil profissional visando ampliar seu relacionamento com colegas  no mercado.

Já a "Wikipédia do Direito" se inspira na Wikipédia, uma enciclopédia virtual de construção colaborativa, criada em 2001 e disponível em 271 idiomas. Qualquer pessoa pode criar ou editar artigos, que nas versões em inglês e alemão passam de 1 milhão. Na página em português, há mais de 564 mil verbetes. Os advogados poderão criar um grande portal de Conhecimento  de todos os ramos do Direito.

A mais recente das referências da OAB SP, e que vem servindo como uma das fontes de informação mais rápidas hoje, é o Twitter. Inaugurada em 2006, a rede é uma espécie de “microblog”, em que os usuários podem enviar e ler mensagens de no máximo 140 caracteres. Cada pessoa recebe instantaneamente as mensagens dos perfis que ela decidiu seguir, e seus textos são enviados para seus seguidores. Pelo Twitter do Advogado, os inscritos da OAB SP  poderão ficar conectados on-line para informar tudo que acontece nos milhares de cartórios da Justiça Estadual e Federal do Estado, podem se mobilizar, conforme o caso.