OAB SP TERÁ ACADEMIA DE LETRAS


25/06/2010

A produção intelectual dos maiores juristas paulistas poderá em breve ser imortalizada na Academia de Letras da OAB SP. Para realizar o trabalho, o presidente da Ordem em São Paulo, Luiz Flávio Borges D’Urso, instituiu a “Comissão de Preparo para a criação da Academia de Letras da OAB SP”, que será presidida pelo advogado Djalma da Silveira Allegro.

 

Dono de vasto currículo, Djalma também é jornalista, ator de teatro e televisão, poeta e dramaturgo. Foi secretário-geral da Caixa de Assistência dos Advogados de São Paulo (CAASP), secretário-geral e consultor de Cultura da OAB SP, dirigente da Associação dos Advogados Trabalhistas de São Paulo e integra atualmente a diretoria executiva da União Brasileira de Escritores. Escreveu o livro “Retomada”. O vice-presidente da comissão é o conselheiro estadual Maurício Scheinman, que já foi presidente das Comissões de Fiscalização e Defesa da Advocacia e de Apoio ao Advogado Professor.

 

“ As academias de letras jurídicas são importantes porque  visam estimular o estudo e a evolução da ciência jurídica entre seus membros e na  comunidade jurídica, incentivando a produção intelectual  e o aprimoramento da língua portuguesa”, ressalta  o presidente D’Urso.