CAMPANHA PARA DOAÇÃO DE LIVROS INFANTIS


17/02/2011

O Brasil já foi chamado de país de não leitores. O brasileiro lê, em média, menos de dois livros por ano, segundo pesquisa divulgada em 2010 pela Associação Nacional de Livrarias. Apesar de o número de leitores ter crescido nos últimos anos, a população brasileira lê menos que os argentinos (5 livros por ano) e que os chilenos (3 livros por ano).

 

 " O hábito da leitura começa na infância por isso estamos realizando uma nova edição dessa campanha de doação de livros voltada para as crianças ", diz Umberto D'Urso , diretor cultural da OAB SP.  O mesmo entendimento tem o presidente da Comissão de Ação Social, Maria Celia do Amaral Alves, para quem é necessário incentivar a leitura na primeira infância e reforçar durante a juventude." Mas livro é um produto caro, por isso temos de viabilizar  seu acesso às crianças e jovens carentes ", diz .

“A leitura transforma a vida das pessoas. Com os livros é possível chegar a lugares inimagináveis, conhecer outras culturas, outros costumes, vivenciar emoções desconhecidas. Ler, realmente, é uma viagem através do tempo, da história, da humanidade”, ressalta o presidente da OAB SP, Luiz Flávio Borges D´Urso.

 A campanha, que tem promoção da Comissão de ação Social e Departamento de Cultura e Eventos   vai receber doações na sede da OAB SP (Praça da Sé, 385, térreo ou 10º andar) até o dia 31 de maio. Informações pelos telefones 3291-8190 / 8191.