OAB SP VAI FIRMAR PARCERIA COM COLÉGIO DE ADVOGADOS DE MADRI


16/05/2011

O resultado da visita do conselheiro do Colégio de Advogados de Madri e professor José Areílza, reitor da IE Law School , ao presidente da OAB SP, Luiz Flávio Borges D’Urso, na última segunda-feira (9/5), às 17 horas, foi altamente positiva. Ficou decidido que as duas entidades da advocacia vão avançar em uma parceria permanente, que deve ser formalizada em junho, na Espanha.

 

O presidente D´Urso também convidou Areilza para que as duas entidades realizem conjuntamente um evento na área negocial, um simpósio ou congresso,  nos dois países. O conselheiro espanhol  está no Brasil para ministrar palestras sobre prática legal e internacional , uma vez que IE Law School tem 26 escritórios espalhados pelo Brasil e uma base de 200 ex-alunos.A cada processo de admissão cerca de 130 alunos brasileiros se candidatam aos cursos de graduação e pós-graduação.

 

“Um terço advogados espanhóis (50 mil)  estão em Madri e, portanto, a parceria deve ser mais ampla do que foi  firmada com o Colégio de Advogados de Barcelona”, avalia George Niadari, presidente da Comissão de Relações Internacionais da OAB SP.

 

Também participaram da reunião do conselheiro espanhol, o vice-presidente, Marcos da Costa;  a secretaria geral de adjunta, Clemencia Wolthers, o presidente do Tribunal de Ética e Disciplina da OAB SP, Carlos Mateucci, e a diretora adjunta Tallulah Carvalho.

 

Areilza explicou também que o Colégio de Advogados de Madri conta com 14 conselheiros ,  e que  embora exista a chapa a votação é individual em cada candidato e que o voto não é obrigatório , levando a grande abstenção. A colegiação para os advogados espanhóis é obrigatória, a exemplo dos brasileiros.