OAB SP PEDE SUSPENSÃO DE PRAZOS NO TJ-SP DEVIDO À GREVE DOS BANCÁRIOS


14/10/2011

O presidente da OAB SP, Luiz Flávio Borges D’Urso, enviou ofício ao presidente do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, José Roberto Bedran, no último dia 14 de outubro, pedindo a suspensão ou a prorrogação de prazos processuais na corte. O motivo é o movimento de paralisação dos funcionários de bancos, que prejudicou o acesso aos serviços bancários.

O presidente D’Urso pediu que fossem suspensos ou prorrogados os prazos para realização de depósitos judiciais, pagamentos de guias e recolhimentos de custas processuais, “até que sejam normalizadas as condições para tal fim, evitando-se, dessa forma, prejuízos irreparáveis à advocacia e aos direitos dos jurisdicionados”.