Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2011 / 10 / 19 / OAB SP INGRESSA COM AÇÕES NO MP NO CASO DO ADVOGADO AGREDIDO POR PROMOTOR

Notícias

OAB SP INGRESSA COM AÇÕES NO MP NO CASO DO ADVOGADO AGREDIDO POR PROMOTOR

Tweet


19/10/2011

A Comissão de Prerrogativas da OAB SP, presidida por Antonio Ruiz Filho, ingressou com duas representações no Ministério Público Estadual. Uma dirigida ao procurador geral, Fernando Grella Vieira, para fins penais; e outra dirigida ao corregedor geral do MP, Nelson Gonzaga de Oliveira, para fins disciplinares, tratando da agressão de um promotor contra um advogado.

 

O fato ocorreu no dia 22 de setembro,  quando o promotor Fernando Albuquerque Soares de Souza agrediu o advogado Cláudio Márcio de Oliveira durante um julgamento no 3º Tribunal do Júri de São Paulo.

O presidente D’Urso considerou a agressão sofrida pelo advogado inadmissível. "O tratamento de urbanidade entre todos os operadores do Direito é condição fundamental para o exercício da função que advogados, juízes e promotores exercem na Justiça. Não podemos tolerar esse tipo de comportamento. Consideramos inadmissível qualquer tipo de ofensa verbal, física ou de intimidação”, afirmou D’Urso.

 

A juíza Patrícia Funes e Silva, que  presidia os trabalhos naquele tribunal , relatou os fatos na ata do julgamento. Segundo ela, Souza agrediu física e verbalmente Oliveira durante o interrogatório do réu Roberto de Moraes Andrade.