TJ-SP ORIENTA JUÍZES PARA QUE SUSPENDAM PRAZO PARA ADVOGADOS ATINGIDOS POR DESABAMENTO EM SBC


08/02/2012

Atendendo pedido da OAB SP, a presidência Tribunal de Justiça de São Paulo publicou no Diário Oficial Eletrônico dessa quarta-feira (8/2), orientação aos magistrados do Estado para que “ suspendam os prazos processuais dos processos nos quais autor e réu sejam representados por advogado que, comprovadamente, tenha escritório estabelecido no mencionado local” (prédio que desabou no centro de São Bernardo do Campo).
“A sensibilidade da nova cúpula do Tribunal de Justiça ao pleito da Advocacia demonstra que juntos conseguiremos superar esse e outros  momentos difíceis”, diz o presidente da OAB SP, Luiz Flávio Borges D´Urso, que juntamente com o vice-presidente, Marcos da Costa, e do presidente da Subsecção de São Bernardo do Campo, Leandro Aguiar Piccino, encaminharam ontem (7/2) ofício ao TJ-SP solicitando a suspensão de prazo aos advogados atingidos pelo desabamento de prédio no centro de São Bernardo do Campo.

A OAB SP também solicitou suspensão de prazo aos presidentes do TRF-3, Roberto Haddad, e do TRT-2, Nelson Nazar, com base nos mesmos termos e está disponibilizando  na sede da Casa do Advogado de São Bernardo,  terminais de computador e infraestrutura para que os advogados atingidos pelo desabamento possam continuar trabalhando.


Veja a íntegra do DOE

Publicado no Diário Oficial Eletrônico de 8/7/2012 – Caderno Administrativo

A PRESIDÊNCIA DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO, tendo em vista o desabamento de edifício no Município de São Bernardo do Campo aos 06 de fevereiro de 2012 e atendendo pleito da Ordem dos Advogados do Brasil, por intermédio da 39ª Subseção, recomenda aos magistrados deste Estado que suspendam os prazos processuais dos processos nos quais autor ou réu sejam representados por advogado que, comprovadamente, tenha escritório estabelecido no mencionado local.