LAVRADA A ESCRITURA DEFINITIVA DO NOVO PRÉDIO-SEDE DA OAB SP


17/04/2012

Na presença de toda a Diretoria da OAB SP, do tabelião de notas, dos corretores de imóveis e do advogado e representante da proprietária do imóvel, Neide Ugolini, foi lavrada a escritura definitiva do novo prédio–sede da Seccional Paulista, adquirido pelo Conselho Federal da OAB.

O imóvel fica no cruzamento da Rua Maria Paula com a Avenida Brigadeiro Luiz Antonio, têm 3.300 mil metros quadrados de área construída, que será reformado e adaptado às necessidades da Ordem, além de um terreno anexo de 700 metros quadrados. O prédio foi construído na década de 50 para ser sede administrativa da empresa de Roberto Ugolini.

"Este é um momento histórico porque há muito a advocacia de São Paulo ansiava por um novo prédio, que oferecesse melhores condições aos advogados. Isso está sendo possível graças ao gesto do Conselho Federal que, reconhecendo o esforço, a transparência e correção de nossa administração viabilizou os recursos para aquisição de um prédio no centro de São Paulo, sem qualquer custo para a Seccional Paulista", destacou o presidente da OAB SP, Luiz Flávio Borges D'Urso.

O procurador e advogado da proprietária, José Luiz Gimenes Caiafa, disse que ficou duplamente feliz. Primeiro pela venda do imóvel e segundo pela compra ter sido feita pela Ordem dos Advogados do Brasil – Secção de São Paulo. “É uma satisfação ver a Ordem sempre crescendo e representando todos os advogados muito bem”, disse.

 O vice-presidente da OAB SP, Marcos da Costa, afirmou que a lavratura da escritura definitiva de compra e venda  é a concretização de um sonho da advocacia paulista, que se tornou possível porque a OAB SP fez uma gestão transparente e ética, a despeito das dificuldades financeiras encontradas na primeira gestão. “Apesar das dificuldades, não deixamos de honrar nossas obrigações com a CAASP e o Conselho Federal, que soube reconhecer esse esforço”, afirmou Costa, que foi diretor-tesoureiro de 2004 a 2009.

 Para o diretor Braz Martins Neto, secretário-geral da OAB SP, o novo prédio era uma necessidade. “A Ordem cresceu e esse crescimento não acompanhou a expansão da infraestrutura que precisávamos para isso. Há muito buscávamos melhor adequar as nossas condições de trabalho. Hoje, estamos coroando de êxito nosso objetivo de ampliar esse espaço com recursos cedido pelo Conselho Federal”, comentou.

 O direto-tesoureiro, José Maria Dias Neto, ressaltou também o empenho do Conselho Federal em contribuir financeiramente para que a Seccional Paulista pudesse ampliar suas instalações e ter uma nova sede, uma vez que o prédio da Praça da Sé já não atende mais as necessidades da Advocacia. A diretora adjunta, Tallulah Kobayashi de Andrade Carvalho, ressaltou que com a escritura é possível pensar no futuro e reformar o imóvel para inauguração ainda este ano.

 As reformas no novo prédio-sede da OAB-SP terá duas etapas: a primeira será de inauguração da pedra fundamental no mês de maio e a inauguração oficial do prédio, no dia 8 de dezembro, Dia da Justiça, por sugestão do vice-presidente, Marcos da Costa, uma vez que o prédio-sede da Praça da Sé foi inaugurado também em 8 de dezembro, no ano de 1955. (Assessoria de Imprensa: Santamaria Nogueira Silveira)