ESTUDANTE DE 18 ANOS VENCE VII CONCURSO DE POESIA DA OAB SP


02/05/2012

Com o poema “Eu não sei se posso te esperar amanhã”, o estudante de direito Gustavo Stephani Pimenta, de 18 anos, foi o vencedor do VII Concurso Estadual de Poesia da OAB SP, promovido pelo Departamento de Cultura e Eventos. A cerimônia de premiação aconteceu quarta-feira (25/4), lotando o auditório Prestes Maia, da Câmara Municipal de São Paulo.

Da segunda à quinta colocação, ficaram respectivamente Ernomar Octaviano, Renato de Assis Bonfim, Ademir Buitoni e Daniela Juliano Silva. O prêmio para o primeiro colocado é de R$ 1.500,00; para o segundo, R$ 1.000,00; para o terceiro, R$ 500,00; para o quarto, R$ 400,00; e para o quinto, R$ 300,00. Todos levam também placa comemorativa e DVD do evento de premiação. <br /><br />O presidente da OAB SP, Luiz Flávio Borges D’Urso, agradeceu à Comissão Julgadora pelo trabalho e a Marco Antonio Araújo Júnior, vice-presidente acadêmico do Complexo Educacional Damásio de Jesus, que patrocinou o prêmio. D’Urso afirmou sentir enorme alegria pela oportunidade de “celebrar a poesia”, e que todos aqueles que “celebram a vida pela arte” são de alguma forma "mais elevados". O vice-presidente da OAB SP, Marcos da Costa, presente ap evento, ressaltou que concursos como este ampliam a dimensão cultural de advogados e estagiários.<br /><br />Umberto D’Urso, diretor cultural da OAB SP, destacou o sucesso do concurso, e afirmou que as parcerias feitas pela entidade e iniciativas como prêmios de poesia e de fotografia e a Big Band abrem um espaço para os advogados se expressarem, e ajuda a “descobrir artistas” entre eles.<br /><br />Foram inscritos 600 poemas no concurso, disse o membro da Comissão Julgadora e presidente da Comissão de Preparo para a Criação da Academia de Letras da OAB SP, Djalma da Silveira Allegro. “Imagine a dificuldade para julgar 600 poemas”, disse.<br /><br />A cerimônia de entrega dos prêmios também homenageou Marco Antônio Araújo Júnior; Djalma da Silveira Allegro; Elizabeth Bido, diretora de pós-graduação do Complexo Educacional Damásio de Jesus; e os membros da Comissão Julgadora Reinaldo Damásio, João Ibaixe Júnior (presentes), Reynaldo Damásio e George Niaradi (ausentes).<br /><br />Também participaram da mesa diretora do evento Marcos da Costa, vice-presidente da OAB SP, e Rui Augusto Martins, conselheiro seccional da OAB SP.<br /><br />Premiados<br /><br />1º - GUSTAVO STEPHANI PIMENTA – “EU NÃO SEI SE POSSO TE ESPERAR AMANHÔ<br /><br />2º - ERNOMAR OCTAVIANO – “DESESPERANÇA”<br /><br />3º - RENATO DE ASSIS BONFIM – “DOMINGO”<br /><br />4º - ADEMIR BUITONI – “TORTO AMOR”<br /><br />5º - DANIELA JULIANO SILVA – “MISTÉRIO”<br /><br />Menções honrosas<br /><br />DÉBORA ALIGIERI – “RONDÓ DA CABEÇA DE MEDUSA”<br /><br />EDER RUIZ MAGALHÃES DE ANDRADE – “MANÉRA MANÉ”<br /><br />ELSO VISCAINO FERNANDES – “DE TUDO SE ENVELHECE UM POUCO”<br /><br />JOSÉ EDIVÂNIO LEITE – “A POEIRA”<br /><br />MARIA DE LOURDES MAYER DOS REIS – “ELOS”<br /><br />MAURO MEDEIROS – “O PASTOR DE NUVENS”<br /><br />NÁGILA MITIE MOURÃO IWASHITA – “ÁLCOOL”<br /><br />OSWALDO CESAR TRUNCI DE OLIVEIRA – “VERSOS MAROTOS”<br /><br />PAULA SCHIAVINI DA FONSECA – “RUA ESCURA”<br /><br />TAUANNA GONÇALVES VIANNA – “LXV”<br /><br /><br />