ADVOGADOS TEM DESCONTO PARA ASSISTIR 12 HOMENS E UMA SENTENÇA


07/05/2012

A peça " Doze Homens e uma Sentença" tem atraído muitos operadores do Direito, especialmente advogados, não só pela temática jurídica, mas também porque os inscritos na OAB SP tem desconto no ingresso, graças a uma parceria com o Departamento de Cultura e Eventos. A peça está no TUCA/TUCARENA (Rua Monte Alegre,1024) de terça a domingo . Com a Carteira da OAB, o advogado(a) e seu/a acompanhante pagarão meia entrada, sendo às sexta e domingos R$ 25 reais e aos sábados R$ 30 reais.

 

A  peça “Doze Homens e Uma Sentença” é uma adaptação para os palcos de  peça feita para a TV e apresentada ao vivo em 1954 pela rede de televisão americana CBS.  "Por ser uma obra de arte aberta, a peça faz uma reflexão  sobre o importante trabalho dos jurados. Certamente, enriquecerá os colegas que forem assistir o espetáculo", diz Umberto D'Urso, diretor cultural da OAB SP.

 

 Doze Homens e Uma Sentença, de Sidney Lumet, retrata o conflito vivido por  12 jurados sobre o veredicto de um rapaz acusado de assassinar o próprio pai.  .

 

Uma decisão unânime dos jurados colocará o acusado no corredor da morte e apenas um dos jurados manifesta dúvidas sobre o caso, tendo de lidar com a má vontade e os rancores dos outros jurados, que recorrentemente manifestam a intenção de acabar logo com aquela situação incômoda  e ir para casa. A peça teve um versão cinematrográfica com o mesmo título, que virou um cult do gênero.

 

A peça recebeu o Prêmio de Melhor Espetáculo de 2010 da APCA – Associação Paulista dos Críticos de Arte e  foi indicada ao Prêmio Shell , nas categorias melhor direção e melhor ator (Norival Rizzo).

 

Na adaptação para o teatro brasileiro, de Reginald Rose,  o enredo é mantido e em alguns casos os diálogos são replicados na íntegra. A direção é de Eduardo Tolentino.O elenco apresenta Norival Rizzo (no papel interpretado nas telas por Henry Fonda, o jurado n. 8) e José Carlos Machado, personagem vivido por Lee J. Cobb no cinema. Depois de décadas sem subir ao palco, o ator José Renato fez sua volta triunfal como o velho homem que dá o primeiro voto de inocente. Oswaldo Mendes, Eduardo Semerjian, Haroldo Ferreira, Riba Carlovich, Ricardo Dantas, Brian Penido, Augusto César, Fernando Medeiros, Ivo Müller e Adriano Bedim completam a magnífica seleção de atores.