PALESTRAS DA PRIMEIRA SEMANA DE ABRIL


27/03/2013

O Departamento de Cultura e Eventos da OAB SP irá apresentar nesta semana palestras sobre desaposentação, tribunal do júri e mandado de segurança, entre outras. Os eventos acontecem Ordem (Praça da Sé, 385). Os interessados devem fazer a inscrição na sede da entidade ou pelo site www.oabsp.org.br, mediante a doação uma lata ou um pacote de leite em pó integral (400g).

 

Terça-feira (2/4)

 

O advogado Celso Machado Vendramini, coordenador do Núcleo de Estudos do Tribunal do Júri da OAB SP, será o palestrante em “Atuação do Advogado no Tribunal do Júri”, às 19 horas. Promoção do Departamento de Cultura e Eventos da OAB SP.

 

 

 

Quarta-feira (3/4)

 

A palestra “antecipação de Efeitos de Tutela Recursal”, promovida pelo Departamento de Cultura e Eventos da OAB SP, será ministrada pelo professor doutro do Departamento de Direito Processual da USP, Walter Piva Rodrigues, às 9h30.

 

Às 15 horas, os advogados Janaína Conceição Paschoal, Martim de Almeida Sampaio, coordenador da Comissão de Direitos Humanos da OAB SP; e George Augusto Niaradi, presidente da Comissão de Relações Internacionais da OAB SP, serão os palestrantes em “12 Homens no Cárcere e 1 Culpado Confesso – justiça ou injustiça – sequestro e cárcere privado? Direitos humanos violados?”. Promoção do Departamento de Cultura e Eventos da OAB SP.

 

Às 19 horas, o advogado Adilson Sanchez será o expositor em “Desaposentação e Revisão de Benefícios Previdenciários”. Promoção do Departamento de Cultura e Eventos da OAB SP.

 

 

Quinta-feira (4/4)

 

“Mandado de Segurança” é o tema da palestra proferida pelo desembargador Luiz Edmundo Marrey Uint, do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, ás 9h30. Promoção do Departamento de Cultura e Eventos da OAB SP.

 

Às 19 horas, a OAB SP, através da Comissão de Direitos Humanos da OAB SP, fará a entrega do XXIX Prêmio Franz de Castro Holzwarth de Direitos Humanos da OAB SP. A juíza Sylvia Helena de Figueiredo Steiner, do Tribunal Penal Internacional, será a homenageada. A secretária de Estado da Justiça e Defesa da Cidadania, Eloisa de Sousa Arruda; e o Instituto Sou da Paz, receberão menção honrosa.