CINE DEBATE – O CASO DOS IRMÃO NAVES


10/04/2013

A atração do Cine Debate deste mês será uma oportunidade de acompanhar dois registros históricos em uma única sessão. O filme “O caso dos irmãos Naves” será exibido no dia 13 de abril (sábado), às 14 horas, no Salão Nobre da OAB SP (Praça da Sé, 385 – 1º andar).

O longa conta a história de um dos maiores erros do Judiciário brasileiro, ocorrido em 1937, durante a ditadura de Getúlio Vargas. Os irmãos Sebastião e Joaquim Naves, moradores de Araguari (MG), foram acusados de assassinar um homem, que desapareceu com grande quantia em dinheiro. Sob tortura, eles confessaram um crime que sequer havia ocorrido: 15 anos mais tarde a suposta vítima reaparece.

Além de retratar um caso particular e o contexto de uma época de regime de exceção, o próprio filme é um marco da história do cinema nacional. Com atuação de Anselmo Duarte, Raul Cortez e Juca de Oliveira, o filme “O caso dos irmãos Naves” foi rodado em 1967, tratando das temáticas da tortura, do direito de defesa e do devido processo legal em outra época de ditadura, agora pós golpe de 1964.

O debate terá a abertura do conselheiro e diretor do Departamento de Cultura e Eventos da OAB SP, Umberto Luiz Borges D´Urso, e haverá dois debatedores convidados: os advogados e coordenadores do NAJIC, Marcos Rogério Manteiga e Luiz Ricardo Madeira Moreira Salata.

Com promoção do Departamento de Cultura e Eventos da OAB SP, o Cine Debate é coordenado pelo advogado João Ibaixe Júnior, presidente da Comissão de Estudos em Direito, Literatura e Filosofia e coordenador do NAJIC (Núcleo de Aprimoramento Jurídico e Integração Cultural).

Inscrições pelo site da OAB SP (em Cursos e Eventos) ou na sede da OAB SP (Praça da Sé, 385 – Térreo), mediante a doação de 1 lata ou pacote de leite integral em pó (400g).