OAB SP ASSINA CONVÊNIO COM BARREAU DE MARSELHA


01/07/2013

O presidente da OAB SP Marcos da Costa e o presidente da Ordem dos Advogados do Barreau de Marselha Erick Campana assinaram nesta sexta-feira (14/06), às 11h30, na sede da Ordem, Termo de Cooperação para intercâmbio cultural e de informações entre as duas entidades. Também estavam presentes a vice-presidente da OAB SP, Ivette Senise Ferreira; o conselheiro e presidente da Comissão de Relações Internacionais da OAB SP; George Niaradi, o advogado Mário Nogueira, integrante da mesma comissão e Gregory Motus-Jaquier, assessor do bâtonnier francês.

 O convênio  permitirá aos advogados das duas entidades conhecerem as relações jurídicas, econômicas e culturais entre os dois países, melhorar os serviços prestados aos jurisdicionados por meio do conhecimento ampliado  dos sistemas jurídicos, administrativos e constitucionais de ambos os países e favorecer a troca de informações sobre questões éticas, de deontologia profissional e regras da profissão.

 

O acordo prevê, ainda, a defesa dos interesses comuns da profissão e uma colaboração ativa em matérias que digam respeito à vida profissional. Para tornar possível essa troca de informações e experiências, os presidentes de São Paulo e Marselha irão organizar encontros entre delegados das duas Ordens para troca de informações sobre a profissão e as regras de organização das entidades. Para isso, serão designados um ou dois delegados que ficarão encarregados de assegurar os contatos regulares entre eles.

 

Campana disse que Marselha tem 2 mil advogados e o Barreau, dois séculos de história.  Em toda a França há 160 Barreaux. Costa explicou  ao presidente e advogado francês que a OAB tem um sistema federativo, formado pelo Conselho Federal, 27 seccionais e 700 subsecções. Costa e Senise explicaram aos visitantes a estrutura da OAB no Brasil e sua participação no Judiciário e na sociedade brasileiros. Marcos da Costa sugeriu que o Barreau trouxesse parte da exposição cultural para São Paulo e também promovesse conferências bilaterais

George Niaradi citou a experiência da parceria que a OAB SP mantém com o Barreau de Paris, que inclui troca de informação, eventos conjuntos, como o Seminário Jurídico Franco-Brasileiro e intercâmbio de estagiários, destinando duas bolsas de estudos para advogados brasileiros em  cursos  e estágios na École de Formation du Barreau.

 

Erick Campanha também falou que neste ano Marselha é a Capital Europeia da Cultura e que está em formação uma Corte Arbitral que vai abranger todo o Mediterrâneo e a importância do Direito Portuário para uma cidade que sedia o principal porto da Franca.