OAB SP Premia Vencedores do Concurso de Poesia


03/09/2013

Em cerimônia realizada na Câmara Municipal de São Paulo, foram conhecidos na última quarta-feira (28/8) os vencedores do IX Concurso de Poesia. O grande vencedor foi Getúlio Cardozo da Silva, com a poesia “Ofélia”; em segundo, Carlos Augusto de Assis, com “Laço” e, em terceiro, Pedro Tomé de Castro Oliveira, com “Gato no Telhado”.

 

“O Concurso de Poesia já é uma tradição na OAB e com ele estamos descobrindo vários talentos das letras. É um espaço que abrimos para que os advogados mostrem suas habilidades literárias”, afirmou o diretor de Cultura e Eventos da OAB SP, Umberto D’Urso.

 

O concurso de poesia da OAB SP acontece desde 2005 e é promovido pelo Departamento de Cultura e pela Comissão de Estudos de Direito, Literatura e Filosofia da OAB SP.

Podem participar os advogados regularmente inscritos na Ordem paulista, estagiários e estudantes de Direito. Nesta edição, o concurso tem patrocínio do Instituto Damásio Educacional.

 

Os trabalhos inscritos foram avaliados por uma comissão julgadora (João Ibaixe Jr. - Presidente da Comissão Julgadora, Reynaldo Damázio , Paulo Rogério Ferraz, Átila Almada e George Augusto Niaradi), com plena autonomia e liberdade de escolha das obras, não cabendo recurso algum quanto à seleção final, que levou em conta a criatividade, a originalidade, as qualidades técnica, artística e literária, além do domínio da língua portuguesa.

 

Os cinco primeiros colocados receberão prêmios em dinheiro. O vencedor receberá R$ 1.500,00; o segundo, R$ 1.000,00; o terceiro classificado ficará com R$ 500,00, o quarto com R$ 400,00 e o quinto com R$ 300,00. Os classificados do 6º ao 15º receberão menção honrosa.

 

 

Veja, a seguir, a lista completa dos vencedores.

 

 

IX Concurso Estadual de Poesia da OAB SP

Premiados

 

1º - Nome: Getulio Cardozo da Silva – Poesia: Ofélia – Pseudônimo: Lampião

2º - Nome: Carlos Augusto de Assis – Poesia: Laço – Pseudônimo: Asterix

3º - Nome: Pedro Tomé de Castro Oliveira – Poesia: Gato no Telhado – Pseudônimo: William Wilson

4º - Nome: Tauanna Gonçalves Vianna – Poesia: Diz do Amor – Pseudônimo: Gregoria Samsa

5º - Nome: Geisa Júlia Santos Oliveira – Poesia: Sapatinho Balançando – Pseudônimo: Emília

Menção honrosa

Nome: Caio Torres Ferraz de Mello – Poesia: Amor-te – Pseudônimo: Caio Bio Mello

Nome: Daniela Juliano Silva – Poesia: Paisagismo – Pseudônimo: E.  Bessa

Nome: Daniela Saraiva dos Santos – Poesia: Volúpia– Pseudônimo: Lôcca

Nome: Elidia Soledad Velasco Gonçalves Camacho – Poesia: Roca – Pseudônimo: Veleiro dos Ares

Nome: Enedina do Amparo Alves – Poesia: Jogo da batata quente para Empresário ler nas horas vagas – Pseudônimo: Dina Alves

Nome: João Múcio Amado Mendes – Poesia: A Ressurreição – Pseudônimo: Vulpino

Nome: Leonardo Bombicino Damian – Poesia: A via – Pseudônimo: Ricardo Coração dos Outros

Nome: Maria da Penha Castilho de Queiroz Rocha Fonseca – Poesia: (Não) Era – Pseudônimo: Florbela Penha

Nome: Nayara de Paula Oliveira – Poesia: Retratos – Pseudônimo: Autora Trindade

Nome: Rodrigo Jose Fuziger – Poesia: Vogal em Voga (ou da Nostalgia na Estante de Língua Estrangeira) – Pseudônimo: Asterion