Congresso do Jovem Advogado faz Homenagem a Ex-Presidentes


09/09/2013

Durante o “Congresso Regional da Comissão do Jovem Advogado”, que aconteceu na subsecção de Guarulhos, no dia 31 de agosto, o ex-presidente da OAB SP, atual conselheiro federal e diretor de Relações Institucionais, Luiz Flávio Borges D’Urso, foi homenageado como fundador e primeiro presidente da Comissão do Jovem Advogado da Seccional Paulista.

“Criamos a comissão durante a gestão  Rubens Approbato Machado, buscando criar um nicho de participação dos  jovens advogados na  política da Ordem, porque acreditamos que os recém-formados precisam  desse importante convívio e também para preparar e revelar novas lideranças da advocacia”, explicou D’Urso.  Também foram homenageados o ex-presidentes da Comissão do Jovem Advogado da OAB SP, que sucederam D’Urso: Romeu Canton Filho, Hélio Gustavo Alves , Gilberto Porto e Fábio Guedes.

O presidente da Subseção de Guarulhos, Fábio de Souza , disse que somente esse ano a Comissão do “Novo Advogado de Guarulhos” ampliou e dinamizou sua atuação, ressaltando ainda, a importância da realização do I Congresso do Jovem Advogado, ocorrido em nossa Comarca no último dia 31/08/2013 (sábado), com a presença de quase 400 pessoas, onde além de 4 (quatro) importantes palestras proferidas,  todos os ex-presidentes da Comissões do Jovem Advogado da Secional foram homenageados: “ É importante que as comissões dos jovens advogados nas Subseções sejam atuantes e homenagens como esta servem como incentivo a todos que colaboram com a sua entidade de Classe”, afirmou.

Para Everton Zadikian,  presidente da Comissão do Jovem Advogado da OAB SP, a homenagem  foi “ mais do que o reconhecimento pelo trabalho desenvolvido, demonstrou deferência da atual Comissão para aqueles que construíram os alicerces e projetaram uma OAB onde o jovem pudesse trabalhar pela sua classe, sem preconceitos ou impedimentos, mas com muito zelo e esmero”. Segundo  ele,  no congresso foi possível “ conhecer a história da fundação (da Comissão)  em 1998 com Luiz Flávio Borges D´Urso que nos contou, inclusive, o episódio  quando a Comissão recebeu a doação de 2   ml mudas de pupunha, para a comemoração do Dia da árvore, e de como foram trazidas da Argentina até São Paulo, o que injetou ânimo e coragem para os atuais membros, ficando a lição que só é impossível fazer quando não queremos”.

A comissão pretende também servir de apoio ao jovem advogado em início de carreira, que encontra dificuldades que vão além das questões jurídicas, como em questões administrativas, de recursos humanos, de gestão financeira e de marketing.

A Ordem,como entidade de classe, se preocupa com aquele que vêm para o mercado de trabalho, não apenas no aspecto prático, teórico, de conhecimento jurídico, mas também de como será o dia a dia desse advogado em início de carreira no tocante à área financeira,  de gestão, de como se relacionar com as pessoas, seja o colaborador ou o cliente, e como gerir efetivamente sua área financeira para que em pouco tempo ele consiga se estabelecer, se sedimentar no mercado de trabalho.

Depois das homenagens, os participantes assistiram às palestras. A primeira foi proferida pelo advogado Giovanni Paolo Falcetta e tratou de “Lei Anticorrupção (12.846/13)”. Em seguida, o advogado João Carlos Panocchia, conselheiro seccional e presidente da XVIII Turma Disciplinar do TED, foi o expositor em “A Importância da Ética Profissional para o Advogado em Início de Carreira”.

O advogado Júlio César da Costa Caires Filho, conselheiro seccional e integrante da 3ª Câmara Recursal do TED e membro da Comissão de Prerrogativas, discorreu sobre “Temas Práticos de Prerrogativas para o Advogado em Início de Carreira”. O médico Jô Furlan foi o último expositor e falou sobre “Inteligência do Sucesso”.