Sala do Advogado na Polícia Federal ganha novas instalações


18/11/2013

O presidente da OAB SP, Marcos da Costa; o presidente da Subsecção da Lapa, Pedro Luiz Napolitano e o Superintendente Regional da Polícia Federal, Roberto Ciciliati Troncon Filho inauguraram nesta segunda-feira (18/11), às 12 horas, as novas instalações da Sala do Advogado na sede da Polícia Federal de São Paulo, no bairro da Lapa, zona Oeste da capital.

Totalmente reformada, a Sala do Advogado conta agora com novos terminais de computadores ligados à internet, mesa de reuniões e uma máquina copiadora maior. “Essa Sala é importante ponto de apoio ao trabalho dos colegas e a renovação da cessão do uso do espaço por parte da Superintendência da Polícia Federal demonstra o respeito dessa importante instituição para com a OAB SP e a Advocacia”, afirmou Marcos da Costa.

Segundo Napolitano, a sala tem grande utilidade: “Os advogados precisam de um local para trabalhar na Polícia Federal, tirar cópias de inquéritos volumosos e acessar a internet, o que no prédio da superintendência nem sempre é fácil”, diz Napolitano, lembrando que também foram colocadas placas indicativas, já que o prédio tem grande circulação de pessoas.

Antes da inauguração, Marcos da Costa e Pedro Napolitano participaram de cerimônia no auditório da Polícia Federal, homenageando o Pavilhão Nacional, o Dia do Policial Federal, comemorado no dia 16 de novembro, e os servidores que se aposentaram dos quadros da Polícia Federal. Na abertura, foi lida mensagem do Diretor-Geral da Polícia Federal, Leandro Coimbra, e o agente aposentado Sérgio Roberto Alves Sebastião falou em nome dos homenageados, agradecendo a “convivência, experiência e aprendizado”. O Delegado Luiz Bustos de Souza, coordenador geral de repressão aos entorpecentes, também se pronunciou, destacando que um terço das ações de repressão a drogas no País acontecem em São Paulo e o sucesso, segundo ele, se deve à qualidade e à dedicação do policial federal. Ele também fez homenagem aos policiais mortos em ação, caso de Fábio Paiva Luciano,  na cidade de Bauru, no mês de setembro.

Durante a solenidade, o presidente da OAB SP fez uso da palavra e destacou o trabalho prestado pela Polícia Federal, a cumprir os valores republicanos, principalmente no combate à corrupção e ao tráfico de drogas. Marcos da Costa também deu destaque às funções constitucionais da Polícia Federal na promoção da investigação criminal para se chegar a uma Justiça “serena, séria e efetiva”.

Troncon filho elogiou o fato de a OAB SP agir em prol do Estado Democrático de Direito e em sinergia com a Polícia Federal na defesa do modelo de persecução penal, previsto na Constituição Federal. Ele também citou que, em recente pesquisa de opinião pública sobre confiabilidade das instituições, a Polícia Federal ficou em segundo lugar, só perdendo para a Igreja (de todos os matizes). Troncon disse ter “esperança que a Polícia Federal continue a desfrutar desse alto nível de confiabilidade perante a sociedade”. Também apresentou todos os números estatísticos desse ano, como a realização de 49 operações especiais, apreensão de 13,2 toneladas de crack e cocaína, 267 mandados de prisão cumpridos, expedição de 592 mil passaportes, escolta de 1.184 presos, entre outros dados.

Também estiveram presentes à inauguração da Sala do Advogado: o Secretário-Geral Adjunto da Lapa, Miyoshi Naruse e a Presidente da Associação dos Advogados da Lapa, Marina Medalha, entre outras autoridades.