Presidente da OAB SP decreta luto oficial pela morte de Ophir Cavalcante


02/01/2014

O Presidente da OAB SP Marcos da Costa lamentou profundamente a morte do advogado Ophir Filgueiras Cavalcante, pai de Ophir Cavalcante Júnior, em São Paulo, onde estava internado para tratamento médico, nesta quinta-feira (02/01), e decretou luto oficial de três dias na Seccional e Subsecções do Estado de São Paulo. Ambos presidiram o Conselho Federal da OAB, Ophir Cavalcante em 1989/1991 e Ophir Cavalcante Jr, em 2010/2013.

Marcos da Costa destacou a contribuição do membro vitalício da OAB, Ophir Cavalcante, para a Advocacia nacional: “Deixou um legado relevante para as novas gerações, voltado à defesa de cidadania, ao fortalecimento da classe e ao compromisso com uma Justiça mais democrática e efetiva, sendo merecedor de todas as homenagens da Advocacia brasileira, principalmente àquelas voltadas à manutenção do Exame de Ordem, que este ano completa 40 anos de implantação oficial em São Paulo”.

Na Seccional do Pará, Ophir Cavalcante ocupou o cargo de Vice-presidente (1983/1985) e Presidente 1985/1987. Em 1987 assumiu como conselheiro federal e foi Vice-presidente do Conselho Federal de 1987 a 1989, durante gestão de Márcio Thomaz Bastos.

O corpo de Ophir Cavalcante será transladado para o Pará, seu Estado de origem, onde serão realizadas as cerimônias fúnebres e o enterro.