Seccional vai acompanhar investigações sobre assassinato de advogado


12/02/2014

A OAB SP, por meio de sua Comissão Especial de Acompanhamento de Inquéritos dos Advogados Vítimas de Homicídio, irá acompanhar as investigações sobre assassinato do Advogado Adaberon Albuquerque Santos, morto com 15 tiros, em frente a sua casa, na Zona Leste de São Paulo, no último sábado (8/2).

 

O Presidente da Comissão, Arles Gonçalves Júnior, vem acompanhando o caso desde sábado e afirma que a Ordem auxiliará o DHPP no que for necessário para que o inquérito seja rápido e apure se o crime tem relação com o exercício profissional.

 

 

O advogado Adaberon Santos, de 56 anos, saia de casa na manhã de sábado para correr, era maratonista, quando foi alvejado pelos disparos. O crime está sendo investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).