Corinthians vai apoiar Campanha da OAB SP pela paz no futebol


28/02/2014

O Presidente do Corinthians, Mário Gobbi Filho, fez nesta quinta-feira (27/02), visita ao Presidente da OAB SP, Marcos da Costa, quando empenhou o apoio do clube à campanha que a Ordem lançou este mês contra a violência no Futebol. “Todos têm de apoiar essa campanha. A segurança pública é dever do Estado e responsabilidade de todos, mas cada um deve dar sua cota de contribuição”, disse.

Segundo Gobbi, é hora de dar sequência à semente que foi plantada.  Para ele, o Timão sempre contribui com a causa da paz no futebol: “O Clube Corinthians sempre colabora com a conduta, a postura, as manifestações e  as campanhas educativas em defesa da paz. Mas isso é algo que envolve cada cidadão, que tem de se conscientizar do problema,  porque a paz é essencial ao convívio social”.

A violência no futebol dominou a pauta do  encontro e o dirigente corinthiano expressou sua opinião sobre o papel dos clubes frente às organizadas: “O Corinthians enxerga as torcidas, a violência dentro do futebol como um ponto dento da sociedade. A violência está em sociedade, o futebol é parte da sociedade. É um problema muito mais das autoridades públicas de segurança pública do que propriamente dos clubes, que colaboram. Porém, por mais que queiram, não têm poder de polícia, não têm o poder estatal para agir e conter certas condutas. Mas são parceiros do Estado e da sociedade para que as organizadas ou desorganizadas tenham um comportamento visando à paz”, disse Gobbi.

O presidente Corinthians fez também  uma análise das causas da violência: "Em primeiro lugar o Brasil precisar sair na frente com um  programa de gestão para reorganizar a sociedade. A violência, a agressão são efeitos de algumas causas, entre elas, da falta de educação, saúde, moradia, má distribuição de renda, desigualdade social etc. O  nascituro de hoje pode ser o criminoso de amanhã, se não tiver uma vida digna”.

Marcos da Costa ressaltou a importância do apoio do Corinthians à campanha da OAB SP: “Essa iniciativa da Ordem está voltada a construir um diálogo com todos os atores do mundo desportivo e, certamente, o Corinthians é um dos protagonistas mais importantes, pela sua história e pela sua massa de torcedores. Pretendemos buscar o apoio de outros  grandes times a essa importante causa”.

Também participaram do encontro: o Diretor-Tesoureiro da OAB SP, Carlos Roberto Fones Mateucci; o Presidente da Comissão de Direito Desportivo, Patrick Pavan; o Diretor de Negócios Jurídicos do Corinthians, Luiz Alberto Bussab e o advogado Luiz Felipe Santoro.