São Paulo Futebol Clube adere à campanha da OAB SP contra a violência no futebol


07/03/2014

O anúncio da adesão do São Paulo Futebol Clube à campanha institucional da OAB SP pela paz no futebol foi feito durante visita do Presidente da OAB SP, Marcos da Costa, ao CT do São Paulo, nesta sexta-feira (07/03), pelo Vice-Presidente do Clube Carlos Augusto de Barros e Silva (Leco) e por Joao Paulo de Jesus Lopes, VP de futebol.

Leco explicou os motivos da adesão do São Paulo à campanha da OAB SP: “Pela sua tradição, pela sua história, pela seriedade e porque tem nos seus quadros - não só hoje, mas historicamente - grandes nomes da advocacia e de outros operadores do Direito. O São Paulo está muito honrado, nesse momento, em apoiar essa campanha, que é muito positiva. Vamos nos empenhar nisso. Como advogado e são-paulino, fico feliz em participar”.

futebol01

Para o Presidente Marcos da Costa, a adesão do São Paulo Futebol Clube fortalece a proposta da campanha de pregar a paz nas arenas desportivas e dialogar com todos os atores que atuam no futebol: “Já tivemos o apoio do Corinthians, que somado ao do São Paulo fortalece nossa proposta e vamos continuar buscando nos clubes novos parceiros. O sucesso dessa campanha reside na somatória de apoios para ter mais penetração junto ao torcedor e à sociedade”.

futebol02

Para Leco, a questão da violência hoje não é um processo exclusivamente do futebol: “É institucional, da Nação, de oferecer a todo esse povo condições melhores de saúde, de educação, essa última especialmente, e com isso reduzir os índices de criminalidade e agressividade que acontecem. A isso devem estar somadas outras ações, como de vigilância, fiscalização e orientação para que se inibam iniciativas agressivas, que muitas vezes surgem em momentos de emoção e o futebol é emocional.”.

No entender de João Paulo de Jesus, a campanha da OAB SP é muito meritória e oportuna: “Estamos vivendo um momento, não só no futebol, que está havendo excesso de violência e isso traz desconforto para toda a sociedade. No momento que a OAB SP se propõe a patrocinar uma campanha como essa, ela só pode ser muito benvinda por todos nós. Primeiro pelo respeito e pela autoridade que a OAB SP representa e, segundo, pela iniciativa desenvolvida por uma entidade como a OAB SP”.

Patrick Pavan, Presidente da Comissão de direito Desportivo da OAB SP, vê com muita expectativa a adesão do segundo grande time à campanha da OAB SP: “O São Paulo vem somar à força da Ordem, já que essa iniciativa tem tudo para ser uma unanimidade”.

futebol03

O goleiro e capitão do São Paulo, Rogério Ceni, também externou sua opinião sobre a campanha pela paz nos estádios: “É importante uma campanha contra a violência, voltada para a sociedade como um todo, não só para o futebol. No Brasil, as pessoas que são eleitas pelo povo devem dar o exemplo. É importante ter a OAB SP nessa campanha para que a lei seja cumprida e o atleta, como exemplo de pessoa pública, também tem seu papel. Não esquecendo que o futebol é apenas uma ramificação da sociedade. As pessoas que decidem as leis têm muito mais responsabilidade do que todo atleta”.

futebol04

O presidente Marcos da Costa visitou o CT do São Paulo acompanhado de uma comitiva de advogados integrada por: Carlos Roberto Fornes Mateucci, Diretor-Tesoureiro da OAB SP; Cláudio Peron, Conselheiro Seccional; Livio Enescu, Conselheiro Seccional; Patrick Pavan, Presidente da Comissão de Direito Desportivo; Alexandre Ogusuko, Presidente da Subsecção de Sorocaba; Luis Ricardo Vasques Davanzo, Presidente Subsecção de São Bernardo do Campo; Pedro Ivo Gricoli Iokoi, Presidente da Subsecção de Pinheiros; Rodolfo Ramer da silva Aguiar, Presidente da Subsecção de Nossa Senhora do Ó e do advogado Sálvio Spinola Fagundes Filho, integrante da Comissão de Direito Desportivo da OAB SP.

futebol05