Contas da gestão D’Urso (2012) são aprovadas por unanimidade pelo Conselho Federal


13/03/2014

A prestação de contas da OAB SP, relativa ao exercício de 2012, foi aprovada por unanimidade pela 3ª Câmara do Conselho Federal da OAB e publicada no D.O. do último dia 21 de fevereiro.

 

É relativa à última gestão de Luiz Flávio Borges D’Urso como Presidente da OAB SP, que fechou o ciclo de três mandatos com as contas aprovadas pelo Conselho Federal da OAB. D’Urso esteve na última reunião do Conselho Seccional da OAB SP, quando agradeceu o apoio dos conselheiros seccionais ao longo de sua administração e os Tesoureiros de suas gestões: Marcos da Costa (2004/2010), atual Presidente da OAB SP, e José Maria Dias Neto (2011/2013), atual Presidente do Tribunal de Ética e Disciplina. ”Tivemos as contas aprovadas pelo Conselho Federal de 2004 a 2012, sem qualquer ressalva, a demonstrar o zelo com que os recursos da Ordem foram tratados”, disse D’Urso, atual Conselheiro Federal e Diretor de Relações Institucionais.

Marcos da Costa destacou a importância da aprovação unânime das contas de 2012: “A aprovação das contas da OAB SP é fruto do trabalho árduo e criterioso, do qual toda a Diretoria participou, além de demonstrar a responsabilidade, transparência e seriedade com que o dinheiro dos advogados foi gerido dentro da OAB SP”.

 Os procedimentos para a análise das contas da OAB SP começam pela Comissão de Orçamento e Contas e depois passam por auditoria externa, para por fim chegar ao Conselho Seccional. Na sequência, as contas são remetidas à Brasília, para exame pela Comissão respectiva no âmbito federal, repetindo a auditagem externa e são, por fim, examinadas pelo plenário dos conselheiros federais da OAB, para somente então receber a aprovação definitiva.