I Congresso das Comissões da Mulher Advogada e Direito de Família e Sucessões da OAB SP


27/03/2014

“A essas e tantas outras; essas que combateram com armas e as que combateram sem elas; essas que escreveram e traduziram seus sentimentos e as que nem mesmo assinavam o nome; essas que clamavam por conhecimento e escola e as que derrubaram os muros com os dedos; essas que ocuparam ruas e praças e as que ficaram em casa; essas que quiseram se tornar cidadãs e as que imaginaram todas votando; essas que assumiram os lugares até então proibidos e as que elegeram as outras; essas que se doutoraram e ensinaram e as que aprenderam com a vida; essas que desafinaram o coro do destino e as que com isso abriram as alas e as asas; essas que ficaram de fora a aquelas que ainda virão; essas e tantas outras que existiram dentro da gente e as que viveram por nós”.

 

Declamando este trecho da obra “Dicionário Mulheres do Brasil”, a Presidente da Comissão da Mulher Advogada, Kátia Boulos, abriu o “I Congresso das Comissões da Mulher Advogada e Direito de Família e Sucessões da OAB SP”, realizado em homenagem ao dia Internacional da Mulher (8 de março), celebrado no Teatro Gazeta. Também Conselheira Seccional, Kátia Boulos ainda apresentou a palestra “Família Contemporânea Sob a Ótica do Direito de Família”.

 

Presente na abertura do evento, Marcos da Costa, Presidente da OAB SP, celebrou as conquistas em torno do respeito à mulher e igualdade de gênero, mas fez um alerta para a necessidade de continuar esta luta, lamentando estatísticas negativas ainda sustentadas em 2014. “Os registros de agressões contra mulheres – obtidos pelo Ministério da Saúde – chegaram a 106 mil casos em 2012, aumento de 24,7% em relação ao ano anterior; a média de remuneração da mulher no Brasil é de R$9,00 por hora, enquanto a do homem atinge R$ 10,90 por hora”, apontou.

 Lembrando que a primeira campanha de sua gestão (2013/2015) foi voltada para a mulher, convocando uma participação feminina maior no dia a dia da política de Ordem, Marcos da Costa lançou uma nova campanha para 2014, desta vez voltada para o reconhecimento das lutas já travadas e de incentivo para aquelas que ainda estão por vir: dizendo “Feliz porque vai crescer em um mundo que respeita mais as mulheres” o banner de divulgação traz a imagem de uma menina, uma futura mulher que merece “um futuro melhor do que os dias de hoje, com uma sociedade mais plural, mais fraternal, mais solidária”, concluiu.

 

Também participaram da abertura do “I Congresso das Comissões da Mulher Advogada e Direito de Família e Sucessões da OAB SP” o Diretor de Cultura e Eventos, Umberto Luiz Borges D’Urso; Nelson Sussumu Shikicima, Presidente da Comissão de Direito de Família e Sucessões; Edson Maluf, Legale Cursos Jurídicos (apoiadora do Evento); Álvaro Villaça Azevedo, Diretor da Faculdade de Direito da FAAP; Gisele Fleury Charmillot Germano De Lemos, Diretora da CAASP; Maria Célia do Amaral Alves, Diretora da CAASP; Lúcia Maria Bludeni, Presidente da Comissão de Direito do Terceiro Setor; Clarice D´Urso, Coordenadora de Ação Social da OAB SP; Adriana Galvão Moura Abilio, Presidente da Comissão de Diversidade Sexual e Combate à Homofobia; Irena Dawidowicz Woloszyn, Presidente da Comissão da Mulher Advogada OAB Santo André; Neuza Penha Gava Otero, Presidente da Subseção de Itapecerica da Serra; Anis Kfouri Júnior, Conselheiro Seccional.