OAB SP participa do Projeto Justiça Cordial


15/04/2014

Nesta terça-feira (15/04), o Presidente da OAB SP, Marcos da Costa, participou da solenidade de lançamento e assinatura do Projeto “Justiça Cordial”, da Corregedoria Geral de Justiça do Tribunal de Justiça de São Paulo, no salão dos Passos Perdidos do Palácio da Justiça. O objetivo do projeto, que traz como símbolo a balança da justiça imitando um sorriso, é “estimular a cordialidade na atividade forense para que todos possam vivenciar ambientes de trabalho harmônicos”.

“Toda iniciativa que busque melhor convívio no ambiente forense deve ser incentivada e esperamos que este novo projeto apresente resultados. Mais urbanidade entre os agentes da Justiça ajudará a aprimorar o Judiciário em benefício do jurisdicionado”, afirma Marcos da Costa, um dos signatários do termo, que também teve o endosso dos presidentes da AASP, Sérgio Rosenthal, e do IASP, José Horácio Ribeiro.

projeto mc e outros

O Presidente do TJ-SP, desembargador José Renato Nalini, pregou o entendimento entre os operadores do Direito: “É Importante que todos nós que trabalhamos para reduzir a carga de aflição que recai sobre todos os seres humanos tenhamos um espirito desramado e a iniciativa da conciliação”

projeto nalini

O projeto contou com o endosso também de presidentes dos Tribunais estaduais, do MP e da Defensoria. Assinaram o termo do Projeto Justiça Cordial  a Presidente do TRT-2 ,  Maria  Doralice Novaes ; o Presidente do TRF-3, Fábio Prieto; o Presidente do TRE-SP, Antônio Carlos Coltro,  o  Procurador-Geral de Justiça; Marcio Elias Rosa ; a Defensora Pública Geral, Daniela Cembranelli; o Procurador Geral do Estado, Helival  da Silva Ramos, entre outras autoridades.

Em fevereiro, quando a Diretoria da OAB SP fez visita de cortesia ao Corregedor-geral do Tribunal de Justiça de São Paulo, Hamilton Elliot Akel , tomou conhecimento do lançamento do projeto que, segundo o Corregedor, pretende criar um ambiente de trabalho mais harmonioso no Judiciário, deixando o antagonismo para os processos.