OAB SP faz balanço e recebe sugestões durante 9ª Conferência em Araraquara


28/05/2014

Com a participação de advogados das Subsecções de Araraquara, São Carlos, Descalvado e Ribeirão Bonito, os Presidentes da OAB SP Marcos da Costa e da Caasp Fábio Romeu Canton Filho debateram as demandas da Advocacia, prestaram contas da gestão, entregaram carteiras da OAB a novos advogados e homenagearam os decanos da região, durante a 9ª Conferência Regional, em Araraquara, na última sexta-feira (23/5).

 

“O objetivo da Conferência é promover um encontro entre a Diretoria da OAB e da Caasp com os advogados da região, para ouvir as sugestões, reclamações e necessidades dos advogados; assim como conseguir melhorar o nosso trabalho à frente da Ordem”, destacou o Presidente Marcos da Costa.

 

O programa teve início na manhã de sexta-feira, com uma reunião de trabalho entre diretores da OAB SP, CAASP e das Subsecções para tratar de questões administrativas. Na parte da tarde foram realizadas palestras com representantes das comissões: Alexandre Ogosuko, Presidente da Comissão de Assistência Judiciária e da Subsecção de Sorocaba; Júlio Cesar Fiorino Vicente, Presidente da Comissão OAB-Concilia e da Subsecção de Jaú; José Maria Dias Neto, Presidente do Tribunal de Ética e Disciplina; Ricardo Toledo Santos Júnior, Presidente da Comissão de Direitos e Prerrogativas; Kátia Boulos, Presidente da Comissão da Mulher Advogada; e Leandro Nava, Vice-presidente da Comissão do Jovem Advogado.

 

Ao abrir a Conferência, Marcos da Costa lembrou as diferenças entre a OAB e outras instituições. “Os advogados têm uma Ordem, que mostra a importância da nossa profissão, compromissada com a classe e com a cidadania”, exaltou Costa.

 

 

O Presidente da Caasp, Fábio Romeu Canton Filho explicou a série de serviços e benefícios que a Caixa presta aos advogados e propôs que as lideranças locais divulguem mais esses serviços e ampliem o número de parceiros no Clube de Serviço, que hoje somam 3 mil, para que a entidade tenha ainda mais poder de negociação para favorecer a advocacia. O desconto que a advocacia obteve com os abatimentos nessas parcerias chega a R$ 6 milhões.  Canton também discorreu sobre as 37 farmácias e livrarias da Caixa em todo o Estado, que comercializam remédios e livros a preço de custo, e as campanhas preventivas de saúde que anualmente totalizam uma economia de mais de R$ 70 milhões para os advogados paulistas.

 

Para a Vice-Presidente da OAB SP, Ivette Senise Ferreira, a Conferência permite a oportunidade de um contato amplo: “É produtivo não apenas para o advogado do interior, mas também para a Diretoria, para os Conselheiros, para a Caasp porque é a oportunidade que temos não somente de um contato mais íntimo, mas de conhecer a própria região em que se desenvolve o trabalho da OAB. É uma mão dupla de benefícios, tanto para os

 

Subseções e balanço

 

João Milani Veiga, Presidente da Subsecção de Araraquara, anfitriã da Conferência, levou um dos problemas dos advogados araraquarenses ao encontro: impossibilidade de se fazer carga rápida na Vara Federal: “Nós estamos lutando com a Vara federal, pois eles ignoram a determinação do CNJ e continuam negando a carga rápida e a ajuda da Seccional será fundamental”.

 

A Presidente da Subsecção de São Carlos, Isabel Cristina Marcomini Siqueira, obteve na Conferência resposta para uma reivindicação antiga: “Dar início à construção da Casa da Advocacia e da Cidadania de São Carlos é uma conquista, uma necessidade, demonstrando que esse encontro surtiu efeito, pois estávamos há seis anos pedindo uma nova Casa. Por isso a conferência é de extrema importância porque essa aproximação com a Seccional é muito boa”.

 

A Secretária-adjunta da Subsecção de Descalvado, Giovana Cristina dos Santos, representando o Presidente, ressaltou as informações úteis recebidas durante a Conferência: “A grande demanda da assistência judiciária em Descalvado é na área de família. Temos alguns problemas de não pagamentos de certidões e aqui (na Conferência) fiquei sabendo como devemos proceder para receber”, declarou.

 

Já o Presidente da Subsecção de Ribeirão Bonito, Antonio Carlos Pasquale Júnior, apontou que a Conferência tem seu ponto forte na “proximidade com os dirigentes da OAB SP,  para que possamos fazer nossas reivindicações em nome dos Advogados e sanar nossas dúvidas”.

 

Ao fazer o balanço da Conferência, Marcos da Costa afirmou que foi extremamente positiva “pelo número de participantes e pela qualidade dos debates com temas relevantes”. Ele destacou, entre os temas debatidos, o projeto OAB Concilia que permite aos Advogados ter um espaço dentro da Ordem para tentar a conciliação entre as partes, com resultado de 80% de acordos.

 

Coordenador da Conferência Regional, o Secretário-Geral da OAB SP, Caio Augusto Silva dos Santos, creditou como muito positivo o resultado da Conferência em Araraquara: “O balanço é muito positivo. Nós tivemos oportunidade de agregar as Subseções de Araraquara, Descalvado, Ribeirão Bonito e São Carlos e é muito gratificante para nós termos encontrado uma Advocacia pujante onde nós pudemos trocar ideias e coletar informações”. Para ele, a descentralização da administração “permite dar uma maior atenção às especificidades de cada localidade e realizar uma melhor administração.”

 

Durante o encontro, o Diretor de Ética e Disciplina, José Maria Dias Neto, e o Conselheiro Jamil Gonçalves do Nascimento, Presidente da 8ª. Turma Disciplinar do Tribunal de Ética e Disciplina da OAB SP, entregaram certificados aos colaboradores do TED e a Seccional homenageou os decanos da região: Paulo de Rizzo, de Araraquara; Gerson Joel de Marco, de Descalvado;  Maria dos Anjos Roher Zeraik, de Ribeirão Bonito; e Lourival Maricondi Junior, de São Carlos.

 

Subseções e balanço

 

João Milani Veiga, Presidente da Subsecção de Araraquara, anfitriã da Conferência, levou um dos problemas dos advogados araraquarenses ao encontro: impossibilidade de se fazer carga rápida na Vara Federal: “Nós estamos lutando com a Vara federal, pois eles ignoram a determinação do CNJ e continuam negando a carga rápida e a ajuda da Seccional será fundamental”.

 

A Presidente da Subsecção de São Carlos, Isabel Cristina Marcomini Siqueira, obteve na Conferência resposta para uma reivindicação antiga: “Dar início à construção da Casa da Advocacia e da Cidadania de São Carlos é uma conquista, uma necessidade, demonstrando que esse encontro surtiu efeito, pois estávamos há seis anos pedindo uma nova Casa. Por isso a conferência é de extrema importância porque essa aproximação com a Seccional é muito boa”.

 

A Secretária-adjunta da Subsecção de Descalvado, Giovana Cristina dos Santos, representando o Presidente, ressaltou as informações úteis recebidas durante a Conferência: “A grande demanda da assistência judiciária em Descalvado é na área de família. Temos alguns problemas de não pagamentos de certidões e aqui (na Conferência) fiquei sabendo como devemos proceder para receber”, declarou.

 

Já o Presidente da Subsecção de Ribeirão Bonito, Antonio Carlos Pasquale Júnior, apontou que a Conferência tem seu ponto forte na “proximidade com os dirigentes da OAB SP,  para que possamos fazer nossas reivindicações em nome dos Advogados e sanar nossas dúvidas”.

 

Ao fazer o balanço da Conferência, Marcos da Costa afirmou que foi extremamente positiva “pelo número de participantes e pela qualidade dos debates com temas relevantes”. Ele destacou, entre os temas debatidos, o projeto OAB Concilia que permite aos Advogados ter um espaço dentro da Ordem para tentar a conciliação entre as partes, com resultado de 80% de acordos.

 

Coordenador da Conferência Regional, o Secretário-Geral da OAB SP, Caio Augusto Silva dos Santos, creditou como muito positivo o resultado da Conferência em Araraquara: “O balanço é muito positivo. Nós tivemos oportunidade de agregar as Subseções de Araraquara, Descalvado, Ribeirão Bonito e São Carlos e é muito gratificante para nós termos encontrado uma Advocacia pujante onde nós pudemos trocar ideias e coletar informações”. Para ele, a descentralização da administração “permite dar uma maior atenção às especificidades de cada localidade e realizar uma melhor administração.”

 

Durante o encontro, o Diretor de Ética e Disciplina, José Maria Dias Neto, e o Conselheiro Jamil Gonçalves do Nascimento, Presidente da 8ª. Turma Disciplinar do Tribunal de Ética e Disciplina da OAB SP, entregaram certificados aos colaboradores do TED e a Seccional homenageou os decanos da região: Paulo de Rizzo, de Araraquara; Gerson Joel de Marco, de Descalvado;  Maria dos Anjos Roher Zeraik, de Ribeirão Bonito; e Lourival Maricondi Junior, de São Carlos.