OAB SP acompanhará investigações sobre advogado assassinado


30/05/2014

A OAB SP, por meio de sua Comissão Especial de Acompanhamento de Inquéritos dos Advogados Vítimas de Homicídio, irá acompanhar as investigações sobre o assassinato do advogado Héldio Livingstone Nogueira, 68 anos, na última quinta-feira (29/5).

 

O crime aconteceu na Zona Sul de São Paulo. O corpo do advogado foi encontrado carbonizado no porta-malas de um carro, na Estrada de Marsilac. O corpo do filho dele, um jovem de 16 anos, também assassinado, estava na chácara onde moravam, a 1 km de distância. “Estamos tentando apurar se o crime tem relação com o exercício profissional  e quem são o(s) autor(es) desse crime bárbaro”, diz o Presidente Marcos da Costa.

 

 

Formado pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), Livingstone era natural de Santarém (PA). O Presidente da Comissão de Advogados Vítima de Homicídio, o Conselheiro Otávio Augusto Rossi Vieira, esteve nesta sexta-feira (30/05) no DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa) para conhecer detalhes da investigação.