OAB SP inicia descentralização de advogados inscritos no Centro


09/06/2014

A partir deste mês de junho, os novos advogados da Capital terão sua inscrição na OAB SP atrelada ao CEP do seu endereço residencial ou comercial, com possibilidade de opção para se inscrever em uma das 13 subseções da Capital.

Este anúncio foi feito pelo Presidente da OAB SP, Marcos da Costa,  na presença dos Presidentes e Conselheiros da Capital e de toda a Diretoria da Seccional.

Os  advogados já inscritos no Centro (90 mil)  poderão optar por migrar para as subseções paulistanas, de forma desburocratizada, bastando entrar no portal da Ordem (www.oabsp.org.br) e fazer a opção.

Para Costa, essa descentralização dos advogados inscritos no Centro  irá fortalecer as subseções da cidade de São Paulo. Ele explicou que historicamente o advogado da Capital não fazia inscrição na subseção, levando a um inchaço da unidade central e ao desprestígio das demais. Essa quebra de cultura começou em 2005, na gestão Luiz Flávio Borges D´Urso, quando se abriu a possibilidade para quem quisesse se inscrever nas subseções da Capital.

O Presidente da OAB SP comunicou, ainda, que será realizada uma campanha institucional para esclarecer aos advogados sobre como pedir a transferência para as subseções da Capital. “Tenho expectativas de que as subseções ganharão nova dimensão e o advogado estará mais perto da realidade da advocacia de seu bairro e fortalecerá a imagem da Ordem”, finalizou Costa.

Repercussão

 

Andréia Regina Gomes – Presidente da Subseção do Ipiranga

 

O processo de migração de inscritos do Centro para a Subseção, que na minha gestão já  havia começado,  nós estamos estimulando e isso vem trazendo desenvolvimento para a subsecção. Com maior número de inscritos, conseguimos ter melhores serviços, fazer com que a Casa da Advocacia e da Cidadania cresça,  que os funcionários sejam mais ativos, sendo que a advocacia da região ganha em valorização.

Antonio Ricardo Miranda Júnior – Presidente da Subsecção do Jabaquara

 

Este era um anseio que há muito existia e agora está sendo atendido pela Seccional, traz um fortalecimento para a advocacia local. Estou feliz com o resultado que hoje estamos conquistando. A maior conquista é esse fortalecimento que, por si só, já é  um resultado a comemorar.

Cláudio Schefer Jimenez – Presidente da Subsecção de Santo Amaro

Os advogados não perdem a Seccional e ganham as facilidades das Subsecções, como cursos, palestras, distribuição trabalhista etc). Isso fortalece tanto as Subsecções quanto a Seccional e também aumenta a responsabilidade dos Diretores das Subsecções.

Eliana Malinosk Casarini – Presidente da Subsecção de Santana

Em primeiro lugar, a medida traz o fortalecimento da subsecção, Em segundo, regionalmente o advogado passa conhecer muito mais a instituição à qual  ele pertence, frequentar a Casa da Advocacia e da Cidadania, conhecer os cursos. Reputo da maior importância a iniciativa  do dr Marcos da Costa , para que a nova inscrição seja  feita na subsecção,  porque antes era facultativa e agora passa a ser obrigatória.

 

Leopoldo Luis Lima de Oliveira – Presidente da Subsecção do Tatuapé

 

É uma iniciativa moderna, fantástica da Seccional, porque traz um fortalecimento, um engrandecimento para a região. As subsecções de todo o Estado precisam que o advogado esteja inscrito, frequente a Casa da Advocacia e da Cidadania. Isso fortalece região, o bairro e traz uma OAB mais atuante, ativa no próprio bairro e demonstrando a força da Advocacia em prol da OAB e da sociedade.

 

Marcio Gonçalves –  Presidente da Subsecção de Penha de França

 

Entendemos que essa migração vai espelhar nas subsecções o que de fato elas possuem em número de advogados, além da prestação de serviço, que já apresentamos nas respectivas subsecções. Dessa forma, a Ordem pode se organizar de forma mais adequada, prestando um serviço melhor a todos os jurisdicionados das respectivas subsecções.

 

Pedro Luiz Napolitano – Presidente da Subsecção da Lapa

A decisão é um ato heroico se comparado às demais Seccionais do País. Irá fortalecer as subsecções e aproximar o advogado da entidade. Parabenizo a diretoria da Seccional pela iniciativa.

 

Rodolfo Ramer da Silva Aguiar – Presidente da Subsecção de  Nossa Senhora do Ó

 

É um grande sonho que o dr Marcos da Costa, juntamente com o dr Luiz Flávio D´Urso encamparam , deu certo, e agora será colocado em prática.  Isso será bom para a Subseção adquirir independência, autonomia maior, reunindo dentro de seus quadros maior números de advogados inscritos, fazendo com que a Subsecção angarie mais e se torne a cada dia mais independente, além de forte e ativa junto à Seccional.

 

Sidney Romão – Presidente da Subsecção de Vila Prudente

 

A iniciativa é ótima, tanto que os presidentes da Zona Leste já haviam sugerido essa solução ao Presidente e à Diretoria. Acredito que haverá união e não concorrência, sendo que essa migração dará respaldo para a Subseção ser melhor vista, avaliada pela Seccional em suas necessidades.

Vanette Camargo Gonçalvez - Presidente Subsecção do Butantã

 

A iniciativa irá fortalecer as subsecções e os advogados do Centro com sua experiência poderão ajudar muito as subsecções, especialmente a nossa, recém-criada. Estamos  realizando um trabalho de corpo a corpo junto aos inscritos em Pinheiros com escritórios e residência no Butantã para que se inscrevam em nossa Subsecção.

 

 Participaram da reunião: a  Vice-presidente da OAB SP, Ivette Senise Ferreira; o Secretário-geral Caio Augusto Silva dos Santos; o Secretário-geral adjunto Antonio Ruiz Filho; o Diretor-tesoureiro Carlos Roberto Fornes Mateucci,  a Diretora-adjunta da Mulher Advogada Tallulah Kobayashi de Andrade Carvalho; o Diretor adjunto de Prerrogativas Ricardo Toledo Santos Filho; o Diretor adjunto de Cultura e Eventos Umberto Luiz Borges D’Urso; o Diretor adjunto de Direitos Humanos Martim de Almeida Sampaio e os Conselheiros da Capital: Alessandro Brecailo, Alexandre Luis Rollo, Antonio Jorge Marques,  Carlos Alberto Sanseverino, Edivaldo Mendes da Silva (Barão), Fábio Mourão, Judileu José da Silva Júnior e Rui Augusto Martins.