Marcos Cesar Amador Alves toma posse no TRT-2


25/09/2014

“A OAB SP se sente muito honrada em ceder um dos mais ilustres integrantes de seus quadros a esta egrégia corte (TRT 2), tendo a certeza que será um dos magistrados mais destacados da Justiça Trabalhista”, afirmou Marcos da Costa, Presidente da OAB SP, ao parabenizar Marcos César Amador Alves, que acaba de ingressar na magistratura, sendo o mais novo Desembargador do TRT 2, via quinto constitucional. A posse solene foi realizada na sede do Tribunal, na tarde de 22 de setembro.

Marcos Cesar Amador Alves toma posse no TRT-2

O currículo do novo magistrado evidência as suas qualidades, tendo início nas cadeiras do curso de Direito da PUC SP, passando por mestrado e doutorado (PUC SP e USP, respectivamente), com especialização em Direito do Trabalho (Faculdade de Direito da Universidade de Roma) extensão universitária em Sistema Legal e Judicial Americano (Columbia Law Institute), além de rica participação em obras jurídicas e publicações e titular da Cadeira 8 da Academia Paulista de Direito do Trabalho. “Mas a figura profissional de sua excelência não poderia ofuscar o brilho do homem Marcos César, de sorriso fácil, destinando a todos tratamento impar, de modo a encantar aqueles que o cruzam na lida diária, tão atribulada em meio a tantos processos”, acrescentou Jane Granzoto Torres da Silva, Desembargadora encarregada de fazer o discurso de boas vindas ao novo colega de corte.

A Presidente do TRT 2, Maria Doralice Novaes, destacou a confiança que deposita no futuro de Marcos César naquela corte, concluindo que ele “cumprirá mais esta relevante missão em sua trajetória e que não vem com promessas, mas sim com a certeza de que a Justiça do Trabalho da Segunda Região é engrandecida com sua presença”.

Os agradecimentos marcaram o discurso de posse de Marcos César Amador Alves, que também trouxe o entendimento do valor da missão que agora lhe é conferida: “tenho consciência plena da dimensão das altas responsabilidades que decorrem da enobrecedora indicação de meu nome para exercer o cargo de Desembargador do egrégio TRT 2 – em vaga reservada à advocacia pelo regramento do quinto constitucional. Passo a envergar a toga no lugar da beca e assim dirijo minhas homenagens aos colegas advogados e à OAB”.

A procuradora-chefe do Ministério Público do Trabalho em São Paulo, Cláudia Regina Lovato Franco, também discursou na solenidade, desejando bom trabalho para o recém empossado.