OAB SP questiona sistema de videoconferência do TRT-2ª Região


27/03/2015

O lançamento, hoje, do sistema de audiência por videoconferência pelo TRT-2ª Região gerou críticas por parte da OAB SP.

Após tomar conhecimento da iniciativa por meio de convite para participar da apresentação, o Presidente da OAB SP, Marcos da Costa, solicitou ao Tribunal informações sobre o sistema, uma vez que a entidade não participou do desenvolvimento do projeto.

"A OAB SP não foi convidada para discutir a necessidade e a abrangência desse sistema, mas somente para o evento de sua apresentação pública. Temos insistido perante todos os Tribunais sobre a necessidade de transparência e de diálogo com todos os envolvidos sobre assuntos que digam respeito à advocacia e a cidadania."

O Presidente afirmou, ainda, que a entidade continuará a questionar o Tribunal sobre questões técnicas e operacionais e adotará as medidas que forem necessárias para assegurar que o sistema não seja usado com prejuízo ao trabalho dos advogados ou das partes.