Subseção de Peruíbe comemora 30 anos


28/04/2015

 Subseção de Peruíbe comemora 30 anos
Caio Augusto Silva dos Santos, secretário-geral da OAB SP, fala durante comemoração do Jubileu de Pérola da Subseção de Peruíbe

Com a institucionalização do Dia Municipal de Defesa da Advocacia, a entrega da chave da Sala do Advogado na delegacia da cidade e uma cerimônia na Câmara Municipal, a 149ª Subseção de Peruíbe comemorou 30 anos na sexta-feira (24/04).

A solenidade realizada na Câmara Municipal durou cerca de duas horas e prestou homenagens aos advogados que atuaram na Subseção ao longo de suas três décadas, como Jayme Gabriel, Nanci Ferreira Milhose e Maria Michela Ricupito de Albuquerque.

O presidente da Subseção de Peruíbe, Sérgio Martins Guerreiro, iniciou seu discurso lamentando a morte do diretor tesoureiro Carlos Roberto Fornes Mateucci e pediu a todos um minuto de silêncio em sua homenagem. Em seguida lembrou a história da Subseção e da advocacia local na luta pela proteção das prerrogativas em favor dos cidadãos na defesa de seus direitos. “A OAB SP representa aqui a busca permanente dos recursos materiais e humanos para possibilitar o acesso do cidadão ao Judiciário, na busca pelos seus direitos”, disse.

Representando a presidente em exercício, o secretário-geral da OAB SP, Caio Augusto Silva dos Santos, parabenizou a advocacia de Peruíbe pela comemoração do jubileu de pérola e ressaltou que as conquistas da Secional paulista da Ordem têm grande participação das Subseções. “O presidente Marcos da Costa sempre faz questão de que façamos o registro que todas as conquistas desta gestão foram graças ao empenho dos presidentes das Subseções”, lembrou. “A Subseção de Peruíbe tem sido uma referência em todo o estado e esta ocasião é importante porque marca três décadas de comprometimento com a defesa do cidadão”, completou.

Também participaram evento: Milena Xisto Bargieri, Rodrigo Figueiredo de Souza Lyra, Luiz Maurício Passos de Carvalho Pereira, Rafael Vitor de Souza, Arnor Gomes da Silva, Rutinaldo da Silva Bastos e Francisco Wenceslau.